Resenha #5 - A casa das orquídeas

Por Nahh lima - 17 setembro


Classificação:
★★★
Título: A casa das orquídeas
Volume Único
Gênero: Romance
Autora: Lucinda Riley
Editora: Novo conceito
Páginas: 558
Ano: 2012
       

Sinopse: 

Quando criança, a pianista Júlia Forrester passava seu tempo na estufa da propriedade de Wharton Park, onde flores exóticas cultivadas pelo seu avô nasciam e morriam com as estações.

Agora, recuperando-se de uma tragédia na família, ela busca mais uma vez o conforto de Wharton Park, recém-herdada por Kit Crawford, um homem carismático que também tem uma história triste. No entanto, quando um antigo diário é encontrado durante uma reforma, os dois procuram a avó de Júlia para descobrirem a verdade sobre o romance que destruiu o futuro de Wharton Park...

E, assim, Júlia é levada de volta no tempo, para o mundo de Olívia e Harry Crawford, um jovem casal separado cruelmente pela Segunda Guerra Mundial, cujo frágil casamento estava destinado a afetar a felicidade de muitas gerações, inclusive da de Júlia.

Resenha:

 Logo na capa do livro nos deparamos com uma frase marcante e que, por si só, resume perfeitamente o livro.

"Toda casa tem seus segredos e todo amor, seu preço."

A casa das orquídeas é um livro que  eu gostei de ler, não posso dizer que amei ler ele, mas também não me arrependo de ter lido. Ele trás uma história de romance envolvente, com um amor sendo descoberto, um amor que não pode ser vivido, escolhas difíceis, perdas, segredos revelados e reviravoltas inimagináveis.

Acho que meu problema com o livro foi na verdade apenas por causa de um dos personagens pelo qual eu peguei um certo desprezo, mas o resto da história é muito legal  e eu o recomendaria a quem se interessar.


Na história Júlia é uma pianista muito talentosa e famosa que está passando por um momento muito doloroso de sua vida, ela tenta se recuperar de uma terrível perda. Mas até então, nada do que a sua irmã Alícia ou as outras pessoas fizeram ou falaram, com o intuito de ajudá-la, realmente funcionou. Ela passa a maior parte dos seus dias triste e sem forças para continuar vivendo.

Contudo, em mais uma das tentativas de sua irmã, em fazer com que ela saísse do chalé onde ela mora, Júlia acaba indo parar em Wharton Park, que é o lugar onde ela viveu quando criança e do qual sempre adorou. Lá ela acaba reencontrando Kit Crawford.

Kit Crawford é o atual herdeiro de Wharton Park e um homem encantador. Ele conheceu Júlia, durante uma visita a sua tia Olívia. Na época eles eram crianças e a Júlia vivia com sua família em uma das casas da propriedade dos Crawford. Eles se conheceram apenas por um breve momento, mas foi suficiente para que Kit se encantasse pelo talento de Júlia.

Muitos anos se passaram e muita coisa aconteceu na vida de ambos. Porém, após esse reencontro a vida dos dois irá mudar e surpreendentemente se interligar, principalmente depois que Kit encontrou um diário na antiga casa dos avós de Júlia que a princípio eles acharam que era do avô dela. Mas quando Júlia resolveu ir até a sua avó, Elsie, para entregar o diário e perguntar sobre a história que continha nele, ela descobriu que na verdade o diário não era do seu avô e sim de Harry Crawford, antigo dono de Wharton Park.

A partir daí, nós somos transportados para outra época e conheceremos a história do Harry e da Olívia, cuja história será contada paralelamente com a da Júlia e se passará aproximadamente na época da segunda guerra mundial. Essa parte da história contará como era Wharton Park antes da guerra, como Harry e Olívia se conheceram, como eles acabaram juntos e também o que aconteceu depois que a guerra acabou. 

Essa parte da livro é bem interessante e revoltante também, pois serão apresentados vários personagens importantes da história, um deles é o Harry , que eu não gosto nem um pouco,  que sem saber tomaram decisões que surtiram efeito na vida de muitas outras pessoas. E também muitos segredos começaram a serem revelados. Enfim, o livro trará reviravoltas bem interessantes que irão surpreende-lo durante a leitura.

Por hoje é isso pessoal. Espero que tenham gostado da resenha e que eu tenha conseguido transmitir para vocês como é o livro.

Deixem aqui os seus comentários. Até mais.




  • Compartilhar:

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Espero que tenha gostado do post de hoje. Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post, e se devo trazer mais deste conteúdo para o blog.

Ahh, e aproveite e deixe seu link, para que nós do AB possamos retribuir sua visita!