Resenha - Felizes para sempre

Nenhum comentário

Classificação:
★★★★★
Título: Felizes para sempre #4
Série: Quarteto de Noivas
Gênero: Romance
Autora: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Páginas: 293
Ano: 2014

Sinopse:

Em Felizes para sempre, último livro da série Quarteto de Noivas, você vai descobrir que o amor não avisa que está a caminho e, quando chega, vira seu mundo de cabeça para baixo.

Parker Brown sabe que subir ao altar é um dos momentos mais extraordinários na vida de um casal. Por isso ela administra a Votos, a bem-sucedida empresa de organização de casamentos que fundou com suas três melhores amigas com pulso firme e muita dedicação.

Seu dia de trabalho começa cedo, às vezes de madrugada, quando alguma noiva ansiosa lhe telefona aos prantos. Mas ela não se importa. Cada vez que ajuda uma mulher a escolher o vestido perfeito para o grande dia ou vê o sorriso nervoso e feliz de um noivo no altar, ela sente que está dando sua contribuição para uma história igual à de seus pais.

Porém a rica, linda e inteligente Parker também quer ser feliz no amor. Só que, em vez do intelectual sensível que sempre esteve em seus planos, parece que o destino lhe reservou uma surpresa.

Malcolm Kavanaugh é um mecânico de automóveis e ex-dublê de filmes de ação. Amigo do irmão de Parker, ele não tem vergonha de elogiar as belas pernas da moça e, com suas mãos ásperas, faz com que a empresária certinha e controladora simplesmente perca o chão.

Agora eles vão descobrir que, mesmo com suas diferenças, podem completar um ao outro. E quem disse que o príncipe encantado não pode chegar numa Harley-Davidson?

Resenha: 

Felizes para sempre é um arraso. Ah como eu queria ser tão organizada como a Parker! Seria meu sonho? Hahaha'

Bom gente, Felizes para sempre é o quarto e último livro da série Quarteto de Noivas. Para quem ainda não viu as resenhas dos livros anteriores vou deixar aqui o link para elas.

ÁLBUM DE CASAMENTO          MAR DE ROSAS                 BEM-CASADOS

Neste livro acompanhamos a história de amor da Parker. Pois, como sabemos, cada livro da série é sobre uma das meninas que formam o Quarteto de Noivas.

Parker é forte, segura, rigidamente organizada e não se deixa abalar facilmente, bem, não deixava até Malcolm resolver investir pra valer em conquista-la.

Malcolm Kavanaugh é o oposto do cara que Parker sonhou pra ela. Ele não faz o tipo certinho, alias ele faz o tipo errado, calça rasgada, jeitão despojado e tão direto quanto alguém pode ser. E sabemos pelos livros anteriores, em que acompanhamos Parker, que não será fácil para Mal conseguir que ela se convença a ter alguma coisa com ele. Parker fará de tudo para deixar pra lá e seguir em frente com a certeza de que não era nada de mais.

O desenrolar dessa história é quente e bonita. Nesse último livro também sabemos mais de como está indo os preparativos para os casamentos das outras meninas, principalmente o de Mac - que confesso é a minha preferida desde o começo haha'.

Eu me emocionei muito com aspectos do livro relacionados a Mac. Nossa, dizer "me emocionei" não justifica, eu chorei horrores mesmo, cara inchada e vermelha. Sério, eu simplesmente amei. Leiam, vale a pena. 


E é isso ai pessoal, espero que tenham gostado. Eu gostei muito de toda a série e super indico para quem gosta de romance.


Beijooos! 


Análise – Mafia II

Nenhum comentário


Classificação:
★★★★
Título: Mafia II
Série: Mafia
Gênero: Ação e aventura, tiro em terceira pessoa
Produtora: 2k games.
Plataformas: PC, PS3, Xbox 360
Horas jogadas: 26
Ano de lançamento: 2010

Conceitos principais: 
           
O jogo se passa na cidade fictícia de Empire Bay, inspirada na Nova Iorque dos anos 40 – 50. Se passando em um mundo aberto para a sua exploração, tem-se uma boa variedade de coisas possíveis, como comprar roupas, andar de carro, explorar a cidade, comprar armas, entre outras coisas que seu personagem vai descobrindo.

O protagonista do jogo se chama Vito e ele é um veterano de guerra do exército americano que lutou na Itália durante a segunda guerra mundial e é, justamente ao final dela que ele volta para casa e se depara com sua mãe e irmã em situações difíceis, enquanto seu antigo amigo Joe está prosperando em meio a máfia italiana na cidade.

Experiência pessoal:

Eu conheci o jogo pouco depois de ganhar meu notebook, este sendo um dos poucos jogos novos que eu podia jogar nele, logo instalei ele e comecei a jogar. No entanto, eu não entendia tanto de inglês e perdi bastante do jogo nesse processo. Mas por sorte, hoje é possível ter legendas em português.  

Defeitos:
                       
O jogo não possuía os melhores gráficos quando foi lançado nem a melhor dublagem, com algumas falhas em sincronização. Mas nada que não possa ser relevado durante o jogo, apenas algumas falhas.

Conclusão:

É um jogo muito divertido, uma história boa e personagens com os quais nos simpatizamos. Temos também diversas escolhas difíceis no decorrer do jogo que os personagens tem que fazer. 

O jogo possui temas interessantes e uma narrativa empolgante. Se tratando de um jogo já considerado antigo, o seu preço é baixo, tendo inclusive sido dado de graça algumas vezes. Um excelente jogo para fugir da nossa realidade moderna e seguir em busca do sonho americano.

Trailer:



A Velha Cadeira de Balanço

Nenhum comentário

Sentada nessa cadeira de balanço, aqui da janela do meu quarto, já vi tantas idas e vindas, tantos amores e amizades se formarem e terem fim. Vi entrar o meu pai em casa com um sofá novo de presente para minha mãe, quando tinha 15 anos.

Vi minha vizinha ser presa pela polícia dois anos depois, por falso testemunho. Provavelmente ela estava encobertando seu namorado, que era envolvido com o pessoal de tráfico de drogas.  Com 20 anos vi minha irmã mais nova, ser pedida em casamento no meio da rua, foi realmente uma linda surpresa.

Vi adolescentes roubarem beijos na esquina da rua a frente, vi jovens sozinhos caminhando em busca de respostas que só mais tarde, pensava eu, descobririam. Vi casais passarem de mãos dadas apaixonadamente sorrindo um para o outro e algum tempo depois, cada um passar de um lado da rua em carros diferentes, caminhos diferentes e vidas diferentes. 

Quando completei 22 anos, estava eu aqui novamente, quando ele passou na rua e acenou pra mim. Henri tinha esse hábito quando mais jovem, acenar a todos que via na rua. Dois anos depois, nesta cadeira de balanço estávamos eu e ele, noivos, lendo um romance e ouvindo a chuva cair enquanto minha mãe preparava um café.

Hoje tenho 75 anos, faz dois anos que Henri se foi. Estou agora na casa que era dos meus pais, já que de minha família e Henri, fiquei somente eu, aqui, nessa cadeira novamente. A visão daqui é linda, o sol está fraquinho, já está quase anoitecendo. O cheirinho de terra molhada indica que vem chuva por aí, e um casal de jovens acaba de passar aqui em frente. São lembranças lindas, saudades eternas e um tempo que não volta mais. Ah, que vida linda vivi por aqui, somente agradeço. Quando chegar minha hora, assim como chegou a de mamãe, de papai, da minha irma e de Henri, quero que meu último olhar seja aqui, onde vi tantas coisas boas que me ensinaram tanto, assim como coisas ruins. Quero apenas fechar os olhos e descansar, sem lágrimas, sem desespero, sem dor. Apenas dizer adeus.

Conheça o livro " Quem era ela"

Nenhum comentário

Oi! Tudo bem? Pessoal a editora intrínseca lançou no mês passado o livro "Quem era ela" do JP Delaney, e esse livro particularmente me chamou atenção por causa dessa capa super misteriosa e o fato de que já escutei ótimos comentários sobre o autor. 

Sinopse:  

É preciso responder a uma série de perguntas, passar por um criterioso processo de seleção e se comprometer a seguir inúmeras regras para morar no nº 1 da Folgate Street, uma casa linda e minimalista, obra-prima da arquitetura em Londres. Mas há um preço a se pagar para viver no lugar perfeito. Mesmo em condições tão peculiares, a casa atrai inúmeros interessados, entre eles Jane, uma mulher que, depois de uma terrível perda, busca um ponto de recomeço.
Jane é incapaz de resistir aos encantos da casa, mas pouco depois de se mudar descobre a morte trágica da inquilina anterior. Há muitos segredos por trás daquelas paredes claras e imaculadas. Com tantas regras a cumprir, tantos fatos estranhos acontecendo ao seu redor e uma sensação constante de estar sendo observada, o que parecia um ambiente tranquilo na verdade se mostra ameaçador.
Enquanto tenta descobrir quem era aquela mulher que habitou o mesmo espaço que o seu, Jane vê sua vida se entrelaçar à da outra garota e sente que precisa se apressar para descobrir a verdade ou corre o risco de ter o mesmo destino. Com um suspense de tirar o fôlego e um clima de tensão do início ao fim, JP Delaney constrói um thriller brilhante repleto de reviravoltas até a última página. Uma história de duplicidade, morte e mentiras.
Queridos em breve esse livro irá estar nas telinhas de cinema do mundo todo, isso mesmo mal foi lançado o livro e já se fala em uma adaptação para os cinemas, isso é demais e também mais um motivo para você ler antes que vire "modinha".
O livro está a venda nas livrarias por um preço razoavelmente caro, mas parece que vale a pena. Então corre e já garanta o seu.

AMERICANAS          SARAIVA          AMAZON
Espero que tenham gostado e até a próxima!!!
 
Desenvolvido por Michelly Melo.