14 junho 2018

O Grinch | Animação do estúdio Illumination ganha novo trailer


O estúdio Illumination (conhecido pela série Meu Malvado Favorito) divulgou hoje o novo trailer do remake animado de O Grinch, prevista para estrear no Brasil em 8 de novembro de 2018.

Com direção de Pete Candeland e Yarrow Cheney, e dublagem do personagem principal por Benedict Cumberbatch (ator que interpreta o Doutor Estranho), o novo trailer mostra o Grinch se preparando para destruir o Natal. 

Confira a seguir... 


Sinopse:

"O Grinch é um ser verde que não suporta o Natal e, todo ano, precisa aturar que os habitantes da cidade vizinha de Quemlândia comemorem a data. Decidido a acabar com a festa, ele resolve invadir os lares dos vizinhos e roubar tudo o que está relacionado ao Natal." Via Adoro Cinema



Crítica - Queer Eye


Resolvi assistir essa série pois vi a Nilce, do canal Cadê a Chave, comentando sobre ela em um de seus vídeos. Como a série envolvia, de certa forma, a temática LGBTQ+, e era algo que eu estava interessada em assistir no momento, resolvi dar uma chance.


Queer Eye é um reality show lançado pela Netflix em fevereiro desse ano (2018). Ele se trata de um reboot de Queer Eye for the Straight Guy que estreiou em 2003 na TV norte-americana. Nessa nova versão da série acompanhamos os novos 5 Fabulosos (todos assumidamente homossexuais), compostos por: Antoni Porowski (comida e vinhos); Tan France (moda); Karamo Brown (cultura); Bobby Berk (design); e Jonathan Van Ness (aparência), em suas empreitadas para transformar a vida de um homem diferente a cada episódio.


Queer Eye foi uma excelente surpresa pra mim, pois, além de ser divertida, a série também acaba trazendo assuntos bem interessantes, e importantes, à tona.

A primeira coisa que quero destacar nessa série, são os apresentadores do reality show. Cada um tem a sua personalidade e a sua história de vida, mas todos tem em comum o fato de serem muito "alto astral"(um escândaalooo kkkk), divertidos e muito talentosos no que fazem. Além de que, pelo que pude sentir através dos episódios, é que eles também são pessoas incríveis, muito amorosos.


Eu, particularmente, não sou a maior entusiasta de reality shows. Não estou dizendo que sou contra ou que não assisto, só que não vejo muita utilidade em alguns deles. Tá, eu sei que estou sendo "meio chata" com esse comentário... Acho que o que eu quero dizer é que não gosto de um aspecto de alguns reality shows, onde eles parecem promover e se utilizar de intrigas para ganhar audiência. Isso eu acho chato e desnecessário, fora o fato de alguns deles não ter bem uma utilidade no fim das contas. Não que precise ter. É só a minha opinião.

Enfim... estou divagando demais. Voltando ao assunto... Eu fiz esse comentário porque queria ressaltar que Queer Eye tem uma proposta muito bacana de ajudar os homens selecionados para participar do programa a "voltarem aos trilhos" e melhorarem as suas vidas. Eles não só ajudam a arrumar o espaço onde vivem, a arrumar a aparência e cuidar da saúde, mas também vão a fundo e tentam descobrir a raiz do problema, a descobrir o porque daqueles homens terem chegado a esse ponto de suas vidas, e com isso, os ajudam a enxergar as coisas sob uma outra perspectiva e a realmente mudarem suas atitudes, rumando a um novo recomeço.

Outra coisa que também achei muito legal na série é que, no decorrer dos episódios, além das pessoas cujas vidas estão sendo transformadas, nós também conhecemos mais sobre os apresentadores, suas vidas e os desafios que eles enfrentaram por serem homossexuais. E nisso também entra o que eu achei muito bonito, que foram algumas barreiras sendo quebradas e preconceitos foram "caindo por terra". Não é só porque alguém é religioso, que abominará o homossexualismo. Não é só porque um policial sem escrúpulos atirou em alguém por ser negro, que todos os policiais fazem isso. Não podemos generalizar e colocar todas as pessoas na mesma "caixa". Com esse comentário, gostaria  de deixar um recado... "por favor, tomem cuidado com os esterótipos, tomem cuidado para não formar opiniões e julgamentos de bom ou mal, sem saber ou conhecer mais a pessoa ou a situação."

Acho que a principal mensagem dessa série é o amor. Amar a si mesmo e ao próximo. E também respeito. Todos nós somos diferentes de certa forma, e o mínimo que devemos fazer, na convivência em sociedade, é respeitar essas diferenças.


Queer Eye é uma série divertida, que te arrancará diversos sorrisos. É uma série cativante, que o fará se apegar aos apresentadores e as pessoas que passam pelo programa em cada episódio, de forma que você se emocionará e torcerá junto com eles. E também, é uma série de aprendizado, que não só o fará refletir sobre a sua vida, como trará novos aprendizados e mostrará novas perspectivas de vida.


Bem, finalizando... eu gostaria de deixar a minha GRANDE, ENORME, recomendação para que assistam Queer Eye. E claro, depois me contem o que acharam!!

FICHA TÉCNICA  

   Nota do crítico: ★★★
Título original: Queer Eye
Origem: Estados Unidos
Gênero: Comédia / Reality
Temporadas: 1 (2ª temporada estreia em 15/06)
Episódios: 8 (por temporada)
Duração: 43-49 min (por episódio)
Trailer: Clique Aqui
Direção: David Collins (criador)
Ano: 2018
Sinopse: Nesta versão repaginada do reality show vencedor do Emmy, cinco novos fabulosos dão conselhos sobre moda, gastronomia, cultura e design para homens em apuros.




13 junho 2018

A Freira | Filme derivado de "Invocação do Mal" ganha primeiro teaser


Quando falamos de franquias de terror, uma vem que a mente, que fez muito sucesso recentemente, é a franquia de Invocação do Mal. Devido a grande bilheteria dos filmes, era de se esperar que as produtoras se aproveitassem desse sucesso para trazer mais filmes nesse mesmo universo.

Dessa vez, um das próximas estreias da franquia será A Freira, cuja história se passa antes dos acontecimentos de Invocação do Mal e antes de Annabelle.

Confira o primeiro teaser divulgado pela Warner Bros. a seguir...


Sinopse:

"Quando uma jovem freira que vive enclausurada em um convento na Romênia comete suicídio, um padre com um passado assombrado e uma noviça prestes a fazer seus votos finais são enviados ao Vaticano para investigar o caso. Juntos, eles desvendam o segredo profano da ordem. Arriscando não só suas vidas, mas também sua fé e suas almas, eles confrontam a força malévola que assume a forma da mesma freira que aterrorizou o público em “Invocação do Mal 2”, à medida que o convento se torna um horripilante campo de batalha entre os vivos e os amaldiçoados." - Via Warner Bros. Pictures

A Freira estreia nos cinemas em 6 setembro de 2018.



As Flores que Carrego


 Não era fácil, 
na verdade, nunca foi.
As noites dominavam as ruas,
mas sempre tentei transparecer luz.

Enquanto tentava reconstruir-me 
Fugindo de mim mesma e dos meus próprios monstros
Tu chegaste de repente.

Tão de repente que
no susto de sua chegada, vi esperança
de um amor sincero e real.

Mas assim, como de repente chegou, logo se foi
Não levou todas as minhas flores
Pois, não tive tempo de entregá-las a ti.

Mas levou consigo a parte de mim que 
se encontrou em você.
Hoje, me levanto.
Amanhã, quem sabe eu canto.
As flores ainda guardo comigo
E as lembranças boas de ti permanecem.