A Velha Cadeira de Balanço

Nenhum comentário


Sentada nessa cadeira de balanço aqui da janela do meu quarto, já vi tantas idas e vindas, tantos amores e amizades se formarem e terem fim. Vi entrar o meu pai em casa com um sofá novo de presente para minha mãe, quando tinha 15 anos.

Vi minha vizinha ser presa pela policia dois anos depois, por falso testemunho. Provavelmente ela estava encobertando seu namorado, que era envolvido com o pessoal de trafico de drogas.  Com 20 anos vi minha irma mais nova, ser pedida em casamento no meio da rua, foi realmente uma linda surpresa.

Vi adolescentes roubarem beijos na esquina da rua a frente, vi jovens sozinhos caminhando em busca de respostas que só mais tarde, pensava eu, descobririam. Vi casais passarem de mãos dadas apaixonadamente sorrindo um para o outro e algum tempo depois, cada um passar de um lado da rua em carros diferentes, caminhos diferentes e vidas diferentes. 

Quando completei 22 anos, estava eu aqui novamente, quando ele passou na rua e acenou pra mim. Henri tinha esse habito quando mais jovem, acenar a todos que via na rua. Dois anos depois, nesta cadeira de balanço estávamos eu e ele, noivos, lendo um romance e ouvindo a chuva cair enquanto minha mãe preparava um cafe.

Hoje, tenho 75 anos, faz dois anos que Henri se foi. Estou agora na casa que era dos meus pais, ja que de minha família e Henri, fiquei somente eu, aqui, nessa cadeira novamente. A visão daqui e linda, o sol esta fraquinho, já esta quase anoitecendo. O cheirinho de terra molhada indica que vem chuva por ai, e um casal de jovens acaba de passar aqui em frente. Sao lembranças lindas, saudades eternas e um tempo que não volta mais. Ah, que vida linda vivi por aqui, somente agradeço. Quando chegar minha hora, assim como chegou a de mamae, papai, da minha irma e de Henri, quero que meu ultimo olhar seja aqui, onde vi tantas coisas boas que me ensinaram tanto, assim como coisas ruins. Quero apenas fechar os olhos e descansar, sem lagrimas, sem desespero, sem dor. Apenas dizer adeus.

Conheça o livro " Quem era ela"

Nenhum comentário

Oi! Tudo bem? Pessoal a editora intrínseca lançou no mês passado o livro "Quem era ela" do JP Delaney, e esse livro particularmente me chamou atenção por causa dessa capa super misteriosa e o fato de que já escutei ótimos comentários sobre o autor. 

Sinopse:  

É preciso responder a uma série de perguntas, passar por um criterioso processo de seleção e se comprometer a seguir inúmeras regras para morar no nº 1 da Folgate Street, uma casa linda e minimalista, obra-prima da arquitetura em Londres. Mas há um preço a se pagar para viver no lugar perfeito. Mesmo em condições tão peculiares, a casa atrai inúmeros interessados, entre eles Jane, uma mulher que, depois de uma terrível perda, busca um ponto de recomeço.
Jane é incapaz de resistir aos encantos da casa, mas pouco depois de se mudar descobre a morte trágica da inquilina anterior. Há muitos segredos por trás daquelas paredes claras e imaculadas. Com tantas regras a cumprir, tantos fatos estranhos acontecendo ao seu redor e uma sensação constante de estar sendo observada, o que parecia um ambiente tranquilo na verdade se mostra ameaçador.
Enquanto tenta descobrir quem era aquela mulher que habitou o mesmo espaço que o seu, Jane vê sua vida se entrelaçar à da outra garota e sente que precisa se apressar para descobrir a verdade ou corre o risco de ter o mesmo destino. Com um suspense de tirar o fôlego e um clima de tensão do início ao fim, JP Delaney constrói um thriller brilhante repleto de reviravoltas até a última página. Uma história de duplicidade, morte e mentiras.
Queridos em breve esse livro irá estar nas telinhas de cinema do mundo todo, isso mesmo mal foi lançado o livro e já se fala em uma adaptação para os cinemas, isso é demais e também mais um motivo para você ler antes que vire "modinha".
O livro está a venda nas livrarias por um preço razoavelmente caro, mas parece que vale a pena. Então corre e já garanta o seu.

AMERICANAS          SARAIVA          AMAZON
Espero que tenham gostado e até a próxima!!!

Vitamina C

1 Comentário

E aí galera, aqui estamos novamente... E iremos falar um pouquinho sobre a vitamina C!

Segundo alguns estudos realizados atualmente, a vitamina c traz muitos benefícios. A vitamina C tem nos componentes grande poder anti-inflamatório e antioxidante, além de combater aos radicais livres e processos inflamatórios. Ter a vitamina presente no organismo traz para a vida da pessoa diferentes benefícios, como a prevenção da formação de tumores, o surgimento de problemas cardiovasculares, infecções e edemas nas articulações.

Benefícios:

- Aumenta a imunidade;
- Evita a ocorrência de AVC;
- Evira doenças cardiovasculares;
- Trata gripe e resfriados;
- Diminui a hipertensão;
- Ajuda a combater o câncer;
- Aumenta o humor.

Entre muitos outros benefícios....



Beijos pessoal, até a próxima... 

Carta de Suicidio

Nenhum comentário

Não era só "uma fase". Eu não estava procurando chamar a atenção de ninguém. Eu só queria sair desse buraco que fui caindo aos poucos, mas... eu não consegui. E sinto muito pelo o que estou causando em vocês, mas essa foi a única saída que encontrei. Eu juro, não queria... Eu não aguentava mais.

Mãe, eu não estava fazendo drama, eu só queria que a senhora me entendesse. Pai, eu sei que já sou independente demais pra ficar chorando pelos cantos, mas eu não conseguia mais sorrir. Irmã, eu te amo e eu sinto muito... Eu não quero nais sofrer e nem fazer vocês sofrerem por mim. Eu só não quero mais... eu sinto muito. 

Calma, isso não é uma verdadeira carta de suicídio. Se assustou? Isso acontece de verdade, a cada segundo, jovens estão tirando suas próprias vidas, estão clamando por ajuda, e estão sendo ignorados. NÃO é só uma fase, NÃO é coisa de adolescente, NÃO é frescura!

Já passou da hora de nossa sociedade acordar, depressão é uma DOENÇA e precisa ser tratada. Não ignore seu filho quando ele diz que não está bem, não deixe de lado achando que vai passar quando sua  filha te diz que precisa de ajuda. Não ignore o comportamento solitário de um amigo ou amiga.

E vocês, que estão passando por alguma situação assim, por favor, peçam ajuda. Procurem alguém de confiança, conversem, não se entreguem! Eu, vou estar sempre aqui, se precisarem de uma amiga, de um conselho.

Já está na hora de pararmos de ser hipócritas e começar a estender a mão a quem precisa do nosso abraço.

 
Desenvolvido por Michelly Melo.