30 agosto 2018

30.8.18 2

Crítica - Brooklyn Nine-Nine


Brooklyn Nine-Nine é uma série de comédia (sitcom) que já está na sua quinta temporada e a sexta vem por aí. 

Eu comecei assistir por indicação do meu noivo que sabe que eu gosto de séries com temática leve e que faça rir, foi então que eu me apaixonei por Brooklyn, é uma delícia de assistir, cada um dos personagens principais são incrivelmente bem desenvolvidos, a ponto de você ficar com uma wikipedia na mente, de cada um, sabendo então como eles iriam agir em determinadas situações e ficar dizendo coisas como "isso é muito Amy" ou "é coisa de Boyle"

Bem, mas vamos lá explicar do que se trata essa série show de bola. 

A trama é voltada para a delegacia Nine-Nine, onde trabalham os detetives Jake Peralta (Andy Samberg), Amy Santiago (Melissa Fumero), Rosa Díaz (Stephanie Beatriz), Charles Boyle (Joe Lo Truglio)Michael Hitchcock (Dirk Blocker)Norm Scully (Joel McKinnon Miller), o sargente Terry Jeffords (erry Crews), o Capitão Raymond Holt (Andre Braugher) e a Gina Linneti (Chelsea Peretti), auxiliar administrativo da delegacia. A cada episódio temos um caso ou casos sendo investigados aliado com alguma situação entre os personagens acontecendo, gente sendo sequestrada, cantadas, assaltos, acidentes, paixões e por aí vai, saca?! 


Jake Peralta é o cara principal da série, com seu jeito criança de ser, as risadas são garantidas, pode apostar. A Amy é uma nerd nível hard que ama o que faz, competitiva ao extremo e puxa saco número um do Capitão. Já Rosa é durona, mas quando digo durona é muuuito durona kkk, ela não curte demonstração de carinho e gosta de quebrar coisas. Boyle é o melhor amigo do Jake e ah como ele ama isso, ele é sensível e gosta de demonstrar seus sentimentos em qualquer lugar. Hitchcock e Scully são os dois detetives mais antigos da delegacia, eles amam comer e preferem ficar com a papelada. O Terry é forte, grandão, mas não tem nada de briguento ou mandão como geralmente a gente imagina. O Capitao Ray, tem uma expressão peculiar de sério até quando ri e como é negro e gay já passou por muito preconceito na sua vida profissional, ele possui uma bagagem grande e sabe como liderar uma equipe. Gina é um mistério, sempre surge com algo novo, ela se acha o máximo e é mesmo kkk ela consegue tudo que quer - parece a Jota cof cof. 

E entre uma coisa e outra eles vão construindo uma relação muito bonita e nos dando exemplos e lições válidos pra nossa vida. Sem contar que o humor da série não denegri ninguém, é um humor gostoso. E os personagens não são definidos por seu estereótipo, cada um vai conquistando nós telespectadores, pelo seu jeito peculiar de ser. São pessoas comuns porém totalmente diferentes e fascinantes - como todo ser humano é, nós que muitas vezes não percebemos. 

A série também nos mostra muitas coisas que acontecem geralmente na sociedade que não tem como deixar de notar, preconceito e bullying, tratam esses temas com muito realismo, nos mostrando que nunca devemos deixar passar essas situações sem tomar as providências devidas, denunciando. 


Como vocês puderam perceber além de ser uma série de comédia leve, ela também acrescenta muitas coisas relevantes pra vida. Então é lógico que indico, assista Brooklyn Nine-Nine e volte aqui me contar eim! Hahah' Beijooos!
FICHA TÉCNICA   

Nota do crítico: ★★★★★

Título original: Brooklyn Nine-Nine

Origem: Estados Unidos

Gênero: Comédia / Sitcom
Temporadas: 5 (6ª temporada estreia em 2019)
Episódios: 22 (por temporada)
Duração: 21-23 min (por episódio)
Trailer: Clique Aqui
Direção: Andy Samberg e Marshall Boone
Ano: 2013
Sinopse: Brooklyn Nine-Nine conta o dia a dia de uma delegacia de polícia no distrito do Brooklyn, Nova York. O protagonista é Jake Peralta, um detetive que, assim como seus colegas, levam o trabalho a sério de um modo pouco trivial. Tudo muda quando o severo Capitão Raymond Holt entra na delegacia.


29 agosto 2018

Panic! At The Disco desafia a gravidade e mostra do que é capaz em clipe de "High Hopes"


Panic! At The Disco lançou recentemente o clipe "High Hopes", dirigido por Brendan Walter e Mel Soria. A música, faz parte do último álbum da banda, Pray For The Wicked, lançado em 22 de junho.

Ilustrando a letra da música que fala sobre não desistir dos seus sonhos, vemos o vocalista Brendon Urie escalando um edifício, desafiando a gravidade, e persistindo em seu objetivo até que foi recompensado no final, ao conseguir chegar ao topo, onde queria.

Confira o clipe...


Eu já tinha ouvido essa música algumas vezes desde que foi lançada, contudo, não tinha reparado em sua letra. Ouvindo a música, lendo a tradução e assistindo ao clipe, acabei me apaixonando ainda mais por High Hopes, principalmente por sua mensagem que, no momento, significa muito para mim, que preciso desse impulso para lutar pelos meus objetivos e não desistir.

O que acharam do clipe? Já conheciam essa música? Me contem nos comentários...


Indicação - Onde ler Novel's


Gente, ter o Abobrinha com Chocolate é simplesmente maravilhoso. Adoro compartilhar com vocês minhas novas experiências e fazer indicações!!

Desse vez, estou trazendo aqui a indicação de um blog onde vocês podem ler Novel's. Esse virou um dos meus hoobies esse ano quanto decidi ler Are You Addicted?, então, pesquisando na internet, acabei caindo de paraquedas no blog Sim! Eu Shippo!, do qual gostei bastante. Por isso, decidi vir aqui e indicar para vocês, e é claro, também é uma forma de prestigiar e agradecer por todo o trabalho de tradução.

Para quem não sabe o que é uma Novel irei linkar aqui uma matéria no site do IntoxiAnime. Eu, particularmente, não me arrisco a explicar aqui, pois pra mim ainda é meio confuso (tanto que, para simplificar, apenas considero como um livro).


Já que todos já sabem o que é uma Novel, vamos agora conhecer o Sim! Eu Shippo!...


Comandado pela querida Lena, o Sim! Eu Shippo! é um blog dedicado a fazer e compartilhar traduções de Novel's e Fanfics. Lá vocês poderão encontrar diversos títulos traduzidos para se deliciarem com a leitura. Mas vale ressaltar que a maioria das histórias por lá são BL (Boys Love), portanto, se não gostam do gênero, essa indicação não é para você.

O que me fez gostar tanto desse blog é que além de ser um portal com diversas traduções bem interessantes, que pretendo continuar conferindo, a cada novo capítulo traduzido pela Lena, iniciamos a leitura sempre com algum comentário dela ou avisos, o que eu acho super divertido porque é como se tivéssemos conversando, compartilhando as empolgações e frustrações da história

Devo dizer que não conheço a Lena, mas só pelos seus comentários no blog, já imagino que seja alguém super divertida.


Não deixem de passar lá no blog para conhecer! Confiram a seguir a lista de novel's e fanfics que já possuem traduções...

Traduções disponíveis no blog:


Aproveitando, gostaria de indicar, é claro, para quem quiser conhecer, a novel Are You Addicted?. Vale super a pena conferir. Eu confesso que ainda não terminei de ler, mas já estou completamente apaixonada e viciada por ela.

Ahh, vale avisar também que...

  • Assim como a maioria disponível no blog, essa também é uma história BL (Boys Love), então se não curte, nem adiante começar a leitura.
  • É uma história para maiores de 18 anos. Contém cenas explicitas de sexo!!
  • Tem algumas partes bem pesadas na história, de violência e estupro.

Enfim... Espero que tenham gostado do post de hoje. E se conhecem alguma novel ou fanfic, podem me indicar. Assim como sites onde posso encontrar para ler.



27 agosto 2018

BTS lança clipe da faixa "IDOL"


Na sexta feira (24/08), a gravadora sul-coreana Big Hit Entertainment, divulgou o mais recente MV do grupo de K-Pop, BTS, juntamente com o lançamento do novo álbum, Love Yourself: Answer.

O MV da música Idol, na minha opinião, ficou incrível. O clipe está cheio de cores e efeitos especiais, que juntamente com uma batida animada (que te faz querer dançar junto) e os meninos mais amados pelos fãs de K-Pop, fecham uma baita combinação.

Confira o clipe...


Confira também o novo álbum do grupo no Spotify...




Resenha #101 - Um Dia Dá Certo?


Olha só o que temos para hoje... Finalmente terá resenha aqui no blog de Um Dia Dá Certo? ♥♥

Para quem não sabe ou não reparou, Um Dia Dá Certo? é o conto da minha queridíssima e melhor amiga, Janaína Flores. Isso mesmo... Minha parceira aqui no blog.

Para comprar o e-book do conto, basta acessar o link a seguir. E caso queira, acessando o site do Dose Literária, um dos projetos aqui do AB, vocês poderão conferir ainda outras obras publicadas pela Janaína e alguns dos projetos em andamento do grupo.


Mas, apresentações e comentários a parte, vamos a resenha...
Ela precisava vê-lo de novo, precisava tentar explicar, precisava, sabia disso.
Um Dia Dá Certo? é um conto de romance, narrado em 3ª pessoa, onde acompanhamos a vida de 4 personagens, Eddie, André, Elai e Marie. Sob a perspectiva de cada um deles, nós  vivenciamos o amor através de suas visões e experiencias, diferenciadas. A Eddie, sendo um tanto pessimista com relação a encontrar um grande amor. O André, de coração partido. O Elai, juntando coragem para dar o primeiro passo. E a Marie, com seus arrependimentos por causa de escolhas erradas.

O que acontecerá com cada um deles? O que a autora reservou para essa história? Vocês poderão descobrir a resposta para essas perguntas lendo o conto. 

Irei parar por aqui o meu resumo para não acabar contando coisas demais, e me aterei agora apenas as minhas opiniões sobre o conto.


O conto é bem curtinho e a leitura transcorre de maneira fluída. Eu diria que esse conto trás um romance doce e gostoso de se ler.

A autora optou por narrar a história através de uma espécie de mini capítulos, sendo cada um deles narrado sob a perspectiva de um personagem diferente. 

A princípio, não gostei muito desse formato, pois me dava a sensação de dispersar bastante a história. Sempre que descobríamos algo novo sobre um personagem, logo mais havia um corte e a história pulava para outro personagem. Contudo, depois de um tempo, minha opinião acabou mudando e até que gostei desse quebra, principalmente porque a autora, em algumas partes, conectava os trechos com a perspectiva do outro. Um capítulo dava continuidade ao outro.

Outro aspecto que também gostei, foi a forma como as histórias dos personagens vão se entrelaçando. E também a maneira que a autora escolheu para falar sobre o amor, abordando várias faces, várias perspectivas e situações.


O final, para mim, foi o que fechou o conto com chave de ouro. Ele não só deixa o desenrolar do enredo para a nossa imaginação, de um jeito bem bacana, como também traz alguns questionamentos da autora com base nas histórias contadas, em relação ao amor. Essa parte ficou sensacional.

Sei que sou meio suspeita para falar isso, mas "vale a pena ler esse conto". Essa não é uma história complexa, que te chocará ou te despertará inúmeras emoções, mas com certeza é um leitura que o fará se deliciar com a leveza e doçura do enredo.
FICHA TÉCNICA  

Nota do crítico: ★★★★
Título: Um Dia Dá Certo?
Série: ------
Volume: Único
Gênero: Conto / Drama / Ficção / Romance
Autor/Organização: Janaína Flores
Editora: --------
Selo: ------
Páginas: 13
Ano: 2017
Sinopse: Eddie não acredita no amor, muito menos no felizes para sempre. André viveu uma grande história de amor, mas hoje só lhe restaram lembranças. Já Elai nunca desistiu de sonhar, ele acredita profundamente no amor e que um dia vai dar certo. E Marie vive a vida que ela achava que queria, mas para isso ela fez uma grande escolha, será que ela acertou? 

Qual será o destino deles? 

O que esses jovens têm em comum é o fato de viverem o amor, seja ignorando-o, sofrendo, sonhando ou desistindo. Veremos o que a vida reserva para eles e as chances que eles terão para mudar isso.