Análise - Need For Speed Underground 2

Por Henrique - 18 junho


Classificação:
★★★★★
Título: Need For Speed Underground 2
Série: Need For Speed
Gênero: Corrida
Produtora: EA Games
Plataformas: PS2, Xbox, PC, DS, PSP, Celular.
Horas jogadas: 100+
Ano de lançamento: 2004


Conceitos principais:

Ele se trata de um jogo arcade de corrida, se passa na cidade fictícia de Olympic City, uma cidade fictícia situada na América do Norte. Nela nós ficamos no período noturno e muitas vezes chuvoso. O jogo possui um visual esteticamente lindo, mesmo tendo sido lançado há 13 anos. Mas não somente o visual é belo, como as suas músicas são inesquecíveis, a sua trilha principal “Riders on the Storm”, da banda The Doors com o artista Snoop Dogg tendo reconhecimento instantâneo em todos que jogaram esse jogo.

Já a sua jogabilidade, enquanto esteja ultrapassada para os dias de hoje, ainda cumpre o seu papel extremamente bem, variando bem conforme os carros variam de seus atributos, estes, Aceleração, Velocidade máxima e Manobrabilidade, dando uma sensação única para cada carro.

Tendo isto em vista, ao decorrer do jogo, você irá se deparar com lojas especializadas em diferentes tipos de complementos para o seu carro, como uma loja de performance, uma de estilização física e uma de pintura, estas distribuídas por toda a cidade. Para utilizar essas lojas, o jogo te beneficia de vitórias em corridas, estas o ponto principal dele, possuindo diversos modelos delas, como circuitos e arrancadas, ele não enjoa, mesmo fazendo corrida atrás de corrida, durante algumas horas.

Experiência pessoal:

Esse, para mim, foi o jogo que fez eu me interessar por esse mundo, lembro das primeiras vezes que eu o joguei, ainda sem saber ler, eu só ia apertando os botões e descobria o que acontecia. Mas mais recentemente eu o instalei novamente e fiquei muito animado quando, vendo os carros iniciais que se pode jogar, eu encontrei o meu próprio carro, um Peugeot 206.

No jogo, este carro é disponível como um dos iniciais, imediatamente eu o escolhi e até agora jogo com ele, me divertindo como se fosse o meu próprio.

Defeitos:

Não posso chegar e em sã consciência apontar defeitos para esse jogo, que é, considerados por muitos e por mim, o melhor jogo da série. Ele possui gráficos lindos ainda hoje, uma trilha sonora espetacular, uma jogabilidade exemplar e muita diversão encaixada no centro de tudo.

Conclusão:

Esse é um jogo que eu recomendo para todos, um dos meus favoritos de todos os tempos, hoje ele é capaz de ser jogado em quase todos os computadores e até mesmo em vários celulares. Ele se trata de uma obra de arte feita na era de ouro da EA Games, antes de todos os problemas começarem, é um jogo que deve ser jogado.

Trailer:

  • Compartilhar:

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

2 comentários

  1. Geente, eu nunca imaginei que fosse encontrar um post desse! Eu conheço esse jogo e jogava bastante quando era menor, mas isso era há muito tempo mesmo. Eu era viciada, até porque é incrível mesmo, principalmente a trilha sonora.

    Beijo
    www.leitorasvorazes.com.br

    ResponderExcluir
  2. O jogo fez parte da infância de muitas pessoas, me senti responsável por tentar escrever um pouco dele para que algumas pessoas o conheçam e outras se lembrem dele.

    ResponderExcluir

Espero que tenha gostado do post de hoje. Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post, e se devo trazer mais deste conteúdo para o blog.

Ahh, e aproveite e deixe seu link, para que nós do AB possamos retribuir sua visita!