Resenha #84 - Guardião do Medo

Por Nahh lima - 16 outubro


Classificação:
★★★
Título: Guardião do Medo
Série: Guardião do Medo #1
Gênero: Drama / Fantasia
Autora: Michelle Pereira
Editora: Garcia
Páginas: 252
Ano: 2016

Sinopse:

Alexander está morrendo pouco a pouco em um hospital. O câncer está consumindo seu corpo por dentro, minuto a minuto. E ele quer morrer logo. Rápido. A vida que ele viveu não deixa dúvidas de que o Inferno é sua próxima parada, mas ele não contava que um anjo viria ajudá-lo. Raya, a Guardiã, de asas negras, olhos azuis e mistérios e mais mistérios. Contudo, o que ele deveria pensar quando seu anjo protetor está escondendo algo importante? E quando tenta matá-lo? 

Em meio à loucura, aos pesadelos desesperadores e às perdas cada vez mais frequentes, ele se vê dentro de uma disputa muito além do imaginável, entre os Guardiões da Criação e as Filhas de Daemon. Ele é importante, para ambos, tanto para a Luz quanto para as Trevas. Porém, qual será a melhor escolha? Viver imerso nos segredos e omissões de Raya ou ser inundado pelo poder extasiante do Inferno?

Resenha:

Guardião do medo é sem dúvida uma história que me surpreendeu. Não irei dizer que me apaixonei pela história, nem que ela entrou para a minha lista de preferidos, mas é inegável que ela é uma boa história, muito bem escrita e com personagens cativantes.

Narrado em primeira pessoa, pelo Alexander (a não ser nos interlúdios, que são narrados pela Raya), a história gira em torno do jovem, nos seus 20 e poucos anos de idade, que tem uma vida um tanto ruim, digamos assim. Ele é um órfão, que sofreu desde pequeno com o descaso e maus tratos das mulheres que teoricamente deveriam cuidar dele e das outras crianças do orfanato. Mas tarde, quando finalmente ele consegue sair, quando ele finalmente tem a esperança de que pode conseguir uma vida melhor, descobre que está com câncer e seu fim é inevitável. Desta forma, ele acaba indo parar no hospital, onde ele ficará até o fim de seus dias e onde irá se passar essa história. 

Em sua estadia no hospital ele acabará descobrindo que no mundo existe muito mais do que ele imagina, e ao contrário do que pensa, a seres muito interessados em trazê-lo para o seu lado, seja "o lado do bem" com os Guardiões, anjos escolhidos pelo Criador, ou "o lado do mal" com as Filhas de Daemon, criadas pelo Imperador do Inferno.

Ninguém tem a vida que deseja ter, Alexander. As pessoas têm de se ao que lhes é dado e valorizar as pequenas coisas que as fazem felizes. Ninguém pode ter tudo que quer. Porém, há uma escolha: você pode se alegrar com o que tem, ou viver em desgosto por uma coisa que não pode ter.

O que mais me surpreendeu na história foi o fato de que, apesar de a mesna se passar quase que inteiramente no hospital, ainda assim, a autora conseguiu construir um enredo intrigante, trabalhando principalmente com a interação do personagem principal com os demais. E diferentemente do que eu pensava, a história não se mostrou monótona, e a escrita fluida da autora fez com que se tornasse fácil se prender ao enredo e ver as páginas passarem rapidamente durante a leitura.

O medo é um sentimento perigoso, talvez mais poderoso que o amor. Porque o medo enfraquece. paralisa, mas o medo também move as pessoas. 

Apesar de se tratar de uma fantasia, na minha opinião, esse não é exatamente o ponto principal da história, muito menos o seu ponto alto. Acredito que, o que mais chama a atenção são os personagens, suas interações, seus dramas de vida e as lições que trazem consigo.

Devo confessar que não sou muito fã do personagem principal, pois ele é muito pessimista, rancoroso com a vida, fechado, grosseiro e rabugento, e provavelmente por isso, não consegui me apegar muito a ele. Contudo, consigo entender o fato dele ser assim, é completamente justificável, afinal, como eu mesmo já contei a vocês, ele teve uma vida triste desde pequeno e quando adulto, isso não melhorou em nada.

Em contrapartida ao personagem principal, a autora construiu a sua volta, personagens que contrastam com ele, de forma que são mais otimistas, doces, e cativantes. É justamente essa interação com o personagem principal que torna a história mais interessante, juntamente com o aprendizado que ele obtêm com isso. Cada um dos personagens trás um acréscimo a história e a vida do Alexander, podemos ver no decorrer do livro que ele vai evoluindo com o passar do tempo (apesar que eu ache que ele regride algumas vezes).

Cada passo até aqui valeu a pena, mesmo por pior que minha infância tenha sido porque aprendi a cuidar de mim mesmo e amadureci cedo para a escuridão do mundo.

Com relação ao final da história, para não correr o risco de dar spoilers, só o que direi é que a história termina com um gostinho de quero mais. Não temos aqui um final fechado para o enredo e sim, várias pontas soltas que nos deixam curiosos para saber o que virá a seguir e muitas perguntas que esperamos serem respondidas pela autora na continuação do livro.


Quanto a aspectos mais técnicos como capa, diagramação, entre outros, o que tenho a dizer é que achei a capa do livro muito bonita e intrigante. As folhas são amareladas, o que é um ponto positivo, e achei muito bonita a diagramação, principalmente no início de cada capítulo. As letras, a fonte do texto, é grande, portanto, a leitura não cansa a vista. Resumidamente, gostei bastante do trabalho feito no livro

As únicas coisas que achei de imperfeições são alguns errinhos de palavras, mas é muito pouco e não afeta em nada a história, nem a qualidade da mesma. E que, o meu livro pelo menos, começou a sair a película, que acredito fazer parte da proteção e acabamento da capa. Fora isso, dá para ver que fizeram um bom trabalho na produção do livro.

Antes de fechar esse post, não deixem, é claro, de acompanhar a autora para não perder nenhum lançamento, promoção e demais novidades que vem por aí. Irei deixar abaixo alguns links para que possam conferir.


BLOG          FACEBOOK          INSTAGRAM

  • Compartilhar:

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

6 comentários

  1. Olá!
    A capa é realmente muito bonita!!
    Não sei se leria esse livro, pois não sou tão chegada em fantasias assim, mas irei recomendar para meus amigos que gostam!

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mô
      Que bacana. Espero que seus amigos gostem da leitura.
      Obrigado pela visitinha
      Beijos!!

      Excluir
  2. Nayyyy! Adorei sua resenha!
    Gostei muito da sinceridade e de todas as suas ponderações. Sempre é hora de aprender com os leitores.
    Alexander realmente é um personagem difícil hahaha
    Agradeço muito pela resenha e estou feliz demais com o que você do enredo!
    Obrigada, obrigada, obrigada!
    Ahhh e essas fotos? Amei de paixão!
    Um grande abraço e mil beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelle
      Fico feliz que tenha gostado da resenha e das fotos que tirei para o post. Gostei muito da experiência de ler o seu livro e espero ler mais histórias suas em breve.
      Beijos!!

      Excluir
  3. Ah, a diagramação desse livro é linda. A Michelle arrasa!!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bianca
      Realmente, a diagramação ficou incrível :De
      Beijos!!

      Excluir

Espero que tenha gostado do post de hoje. Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post, e se devo trazer mais deste conteúdo para o blog.

Ahh, e aproveite e deixe seu link, para que nós do AB possamos retribuir sua visita!