Resenha #13 - Como viver eternamente

Por F.S.Kate - 09 janeiro


Classificação:
★★★★★
Título: Como viver eternamente
Volume Único
Gênero: Ficção juvenil 
Autora: Sally Nicholls
Editora: Geração
Páginas: 230
Ano: 2008


Sinopse: 

Sam ama fatos. Ele é curioso sobre óvnis, filmes de terror, fantasmas, ciências e como é beijar uma garota. Como ele tem leucemia, ele quer saber fatos sobre a morte. Sam precisa de respostas das perguntas que ninguém quer responder. ”Como Viver Eternamente”, é o primeiro romance de uma extraordinária e talentosa jovem autora. Engraçado e honesto, este é um livro poderoso e comovente, que você não pode deixar de ler. A autora tem apenas 23 anos e embora seja seu primeiro livro, ele está sendo lançado em 19 países, dirigido a crianças, adolescentes e adultos.

Resenha:

“Meu nome é Sam, tenho onze anos, coleciono histórias e fatos fantásticos, tenho 
leucemia, quando você estiver lendo isso provavelmente já estarei morto.”

Como viver eternamente é um livro simples e incrível, tem uma leitura leve que te cativa, conhecer Sam e acompanhá-lo ao decorrer do livro é uma experiência pela qual você precisa passar, vai por mim.

Eu já havia lido este livro a algum tempo atrás e recentemente acabei relendo, pela saudade que dá da simplicidade e leveza de Sam.

Sam tem 11 anos e tem leucemia, ele sabe que tem pouco tempo de vida, pois todos os tratamentos até então não funcionaram mais do que prolongar um pouco sua vida. Logo no começo do livro, Sam é incentivado a escrever um livro, o qual ele resolveu escrever em forma de diário, onde ele coloca suas tantas perguntas que ninguém sabe responder e então procura respondê-las e também coloca lá tudo o que ele queria fazer antes de morrer, seus sonhos.

Junto com ele, nessa missão de responder as perguntas de seu livro e realizar seus sonhos, está Felix seu melhor amigo que também sofre de câncer. Felix incentiva Sam a realizar todos os sonhos da sua lista, nada parece ser impossível, os dois nos mostram uma grande lição no decorrer do livro. Como a vida pode ser simples e prazerosa, mesmo estando doente e restando só um pouquinho dela. 


Resumindo, sem enrolação e direto ao ponto (eu não gosto muito de resenhas enoooooormes e acredito que a maioria também não kkkk') o livro é lindo, uma história comovente e que nos inspira, vale a pena se jogar nessa leitura.

Beijooos! 

  • Compartilhar:

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Espero que tenha gostado do post de hoje. Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post, e se devo trazer mais deste conteúdo para o blog.

Ahh, e aproveite e deixe seu link, para que nós do AB possamos retribuir sua visita!