04 abril 2016

Resenha#24 - Prodigy


Classificação:
★★★★
Título: Prodigy
Série: Trilogia Legend #2
Gênero: Ficção Científica / Distopia / Juvenil
Autor: Marie Lu
Editora: Rocco
Páginas: 304
Ano: 2014


Sinopse:

Os opostos perto do caos. Depois que um cataclismo atingiu o planeta Terra, extinguindo continentes inteiros, os Estados Unidos se dividiram em duas nações em guerra: a República da América, a oeste, e as Colônias, formadas pelo que restou da costa leste da América do Norte. June e Day, a menina prodígio e o criminoso mais procurado da República, já estiveram em lados opostos uma vez.

Agora eles têm a oportunidade de lutar lado a lado contra o controle e a tirania da República e, assim, alterar para sempre o rumo da guerra entre as duas nações. Resta saber se estão preparados para pagar o preço que as transformações exigirão deles.

Resenha:

Para quem não sabe, esse é o segundo livro de uma trilogia, portanto, se você ainda não leu o primeiro livro, Legend, é só acessar o link abaixo para ser direcionado para a resenha do primeiro livro.


Se você já leu o primeiro livro e já está a par do começo da história, aqui vamos nós para a segunda parte dessa história tão empolgante.

O que eu posso dizer de Prodigy? Eu tinha uma certa preocupação com relação a se a autora iria conseguir manter a história tão interessante e cheia de reviravoltas como foi o primeiro livro, mas eis que a Marie Lu não me decepcionou.

Nesse segundo livro ela desenvolveu mais o romance entre o Day e a June; colocou alguns obstáculos no caminho dos dois que me fizeram ficar preocupada com o rumo do casal; tiveram mais revelações, não só com relação a República mas também com relação as Colônias; muita ação, muitas reviravoltas e um final que me deixou um pouco triste e preocupada com o rumo final dessa trilogia.

Enfim, tanto o primeiro livro quanto o segundo, foram leituras deliciosas e cheias de emoção, e é por isso que quem ainda não conhece eu recomendo que leia. E só pra dar um gostinho para vocês, vamos dar uma pequena volta pela história de Prodigy...

A história de Prodigy se inicia após o Day e June terem conseguido escapar das mãos da República. Eles foram ajudados pelos Patriotas a fugir, mas assim que eles conseguiram escapar, os Patriotas consideraram como missão cumprida e deixaram os dois por sua própria conta e risco.

Sem muito dinheiro, sem ninguém a quem recorrer por ajuda e com o Day com um sério machucado na perna, eles são forçados a encontrar uma solução. E a solução que eles encontraram é ir até onde os Patriotas tem a sua sede e pedir por ajuda, mesmo sendo difícil eles conseguirem ajuda, pois não tem dinheiro para pagar por isso.

Demora um certo tempo, mas enfim eles chegam aonde os Patriotas estão. E logo que eles chegam, acabam se deparando com a notícia de que o Eleitor está morto e que quem assumirá o seu lugar é o seu filho, Anden. Essa notícia a princípio não tem muita importância para o Day e para a June, mas isso irá mudar.

Ao encontrar os patriotas eles pedem por ajuda para curar o Day e se oferecem em troca para fazer qualquer coisa que os Patriotas queiram. Para sua sorte, os Patriotas tem um plano no qual o Day seria de grande ajuda e é ai que ambos, June e Day, entram  numa missão para derrubar a Republica, mais especificamente o Eleitor.

A partir desse ponto é que a história começa a ficar bem interessante. Os patriotas criaram um plano bem elaborado, no qual eles irão derrubar o Eleitor. Para isso, a June deve se deixar ser capturada pela República e deve se aproximar e ganhar a confiança do Anden. Enquanto isso, os Patriotas irão "anunciar" que o Day está vivo e usar a  influência dele sobre o povo, para criar o caos e incitar uma revolução.

E é no meio de todo esse plano que acontecem diversas coisa... a June acaba conhecendo quem realmente é o novo Eleitor; o Day acaba arrumando alguns problemas com a Tess por causa de um amor não correspondido por parte dele; ambos, Day e June, conhecem as Colônias de perto; e por fim, vemos o impacto da influência do Day sobre o povo, na luta da República contra as Colônias.

Bem, acho que vou parando por aqui para não acabar dando spoiler para vocês. Espero que tenham gostado da resenha de hoje.

Até a próxima!!

4 comentários:

  1. Olá!
    Li Legend e amei, preciso muuuito dar continuidade na trilogia.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  2. Olá
    De continuidade na leitura mesmo. O segundo livro da trilogia é muito bom também.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Nah
    Eu não li Prodigy, devorei. Quando acabei Legend, fiquei super triste com os acontecimentos finais, ai comecei Prodigy desesperadamente esperando algum tipo de consolo. Não foi bem o que encontrei, porém foi um segundo livro incrível e muito bem escrito.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lary
      Pois é, comigo aconteceu o mesmo, acabei lendo super rápido o segundo livro, vendo o desenrolar da história ficando cada vez mais interessante. Só não sei pq ainda tô enrolando para ler o último livro. Mas enfim...

      Beijos!!

      Excluir

Espero que tenha gostado do post de hoje. Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post, e se devo trazer mais deste conteúdo para o blog.

Ahh, e aproveite e deixe seu link, para que nós do AB possamos retribuir sua visita!