Crítica - Truque de Mestre: O Segundo Ato

Por F.S.Kate - 20 junho


Para quem ainda não assistiu o primeiro Truque de Mestre, se trata de um grupo de ilusionistas "Os Quatro Cavaleiros", enquanto encanta o público com suas mágicas no palco, eles roubam bancos e ainda fazem questão de distribuir o dinheiro nas contas de seus espectadores, o que deixa o FBI furioso. 

Bom, depois de três anos a tão aguardada continuação de Truque de Mestre vai para as telas. Porém, sem toda a magia do primeiro filme, muita mágica pouco surpreendente. 


No primeiro filme tudo era surpresa, novidade, mas agora nós já conhecemos o caminho e onde provavelmente tudo se desenrola, numa grande e majestosa mágica. E ao invés de termos uma trama muito bem desenvolvida cheia de pequenas surpresas, temos só o básico e bem menos atrativa do que o primeiro. 

Os Quatro Cavaleiros, no segundo ato se tornam cinco, além de termos uma mudança de personagem na única mulher do grupo, não temos mais Isla Fisher no filme e sim Lizzy Caplan, uma mudança muito mal explicada e que soou forçada no filme, já que a personagem chega tentando ser engraçada e não tem sucesso. 

Neste filme os Cavaleiros são sequestrados e obrigados a roubar uma tecnologia que consegue acessar todo tipo de informação disponível na internet, onde encontramos Daniel Radcliffe fazendo parte do filme - eu ouvi um "Oooh"? - não gente, relaxa, o personagem dele não é nada empolgante. 


Enfim, sinto dizer que o filme não foi bom como o primeiro, além da trama cansativa, no fim o que era para ser uma grande revelação não passou de nada além do esperado. 


Até a próxima,


Beijooos!

  • Compartilhar:

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Espero que tenha gostado do post de hoje. Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post, e se devo trazer mais deste conteúdo para o blog.

Ahh, e aproveite e deixe seu link, para que nós do AB possamos retribuir sua visita!