Resenha - Obrigada Pelo Chocolate

Por F.S.Kate - 18 julho


Classificação:
★★★★
Título: Obrigada Pelo Chocolate
Gênero: Drama
Autor: Laís Brancalhão
Editora: Independente
Páginas: 286
Ano: 2015


Sinopse:

Uma amizade que ultrapassou o tempo, a distância e suas circunstâncias. Uma história que mostra que família vai muito além de pai, mãe e filhos. Sentimentos que surgem ao acaso e podem resistir às mudanças. Sensações que tentamos a todo custo esquecer, mas que parecem fazer parte da nossa história mesmo que contra nossa vontade. Uma história sobre o amor em todas as suas formas. Luíza e Daniel... Você vai sentir que eles fazem parte da sua vida, são pessoas que você poderia conhecer. Daqueles livros que quando você não o está lendo, você se lembra da história e não sabe se te contaram um caso real ou se é a história.

Resenha:

Daniel e Luíza. Danny é tímido e triste, Luíza é pra cima e alegre, diferentes em tudo, a não ser por um detalhe, a mãe de Luiza não se importa com ela e o pai de Danny não se importa com ele, a família de ambos sempre está em crise. Os dois se encontram com problemas e a partir disso surge o encontro dessas duas crianças, surge daí uma amizade pura e verdadeira.

Quando pequeno Danny perdeu a irmã mais nova, ela morreu afogada, desde então o pai o culpa – sem motivo – pelo acidente. O menino cresceu com esse peso e se tornou um garoto quieto e sem amigos na escola além de sofrer com a rejeição do pai.

Luíza sempre gostou mais do pai, já que a mãe nunca deu atenção a ela, deixando-a de lado, ela nem se importa tanto com isso, pois já está acostumada. Porém Luíza sofre com as brigas constantes dos pais e devido a isso Luíza é mais “pavio curto na escola” sempre está se metendo em encrenca.

Em uma dessas encrencas Danny acaba envolvido e leva a culpa junto com Luíza. Depois desse dia e um chocolate repartido os dois criam um vínculo que ajuda a ambos a passar pelos problemas em volta deles.
Danny abriu a mochila, pegou uma barra de chocolate, partiu em dois pedaços, deu um deles a Luísa e ficou com o outro.

A partir desse ponto você pode acompanhar a trajetória dessa amizade, os problemas enfrentados, a adolescência de ambos e com isso você cria um vínculo com os personagens e sente a beleza dessa amizade que prevalece. 

Quando os dois se tornam adultos e se veem com pouco tempo para passar juntos, acontecem coisas surpreendentes, não dá pra imaginar que o livro vai seguir esse caminho, a partir dai é difícil deixar o livro, você vai querer ir até o fim o mais rápido possível.  
O livro conta a história de Danny e Luíza desde criança até uma certa idade, isso é bem interessante, faz você ficar ligado aos personagens, porém em um certo ponto do livro eles começam a ter muitas idas e voltas em determinadas situações parecidas que acabam sendo previsíveis, mas nada que faça você querer parar de ler.

O final do livro não é nada do que você espera, mas também não é tão surpreendente já que você tem muitos vestígios do que está por vir antes que aconteça, então na verdade eu fiquei com um pouco de raiva – hahaha' – mas convenhamos que um livro que te provoca emoções, independente de quais sejam, já tem muitos pontos a favor e pra mim em Obrigada Pelo Chocolate tem muita coisa boa que supera os detalhes desfavoráveis.

Confesso que quando eu li a sinopse do livro não dei muito moral na parte que diz “você vai sentir que eles fazem parte da sua vida, são pessoas que você poderia conhecer”, ai tá, terminei o livro e adivinha? Me peguei um dia desses vendo um casal e pensando – olha, exatamente como o Danny abraçaria a Luíza – louco né! Pois é, foi isso que o livro fez comigo e aposto que vai fazer com você também.

Esse é o primeiro livro da autora Laís Brancalhão, para quem quiser adquirir vou deixar o link para a compra do livro na Amazon e também o link para o post de parceria com a autora aqui no blog onde tem mais informações sobre ela e o seu livro. 

                                   COMPRE O LIVRO          AUTORA LAÍS BRANCALHÃO 


Beijooos! 


  • Compartilhar:

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários