Aprenda seu caminho, e ande (se preciso for) sozinho.

Por Gabrieli Andrade - 09 setembro



Quem nunca passou pela fase de ser deixado na estrada (que pode parecer longa e deserta) por alguém em que tanto se confiava? No começo parece desesperador não é? Eu sei. Mas se te soltaram, aprenda a andar sozinho. Dói? E muito. Os medos também não são poucos. A decepção é mais dolorida ainda, mas uma coisa te digo: não deixe as mágoas moldarem seu caráter.

A gente precisa aprender a se bastar. Não podemos viver na dependência de alguém, porque hora ou outra, lá estaremos de novo, na estrada, sozinhos, sem saber para onde ir. Os bebês quando estão aprendendo a dar os primeiros passos, caem, e muito. Mas, nem por isso deixam de confiar em seus pais, e mais uma vez se levantam, com aquelas perninhas tão frágeis e sem saber direito o caminho, vão.

Não te digo que as pessoas vão mudar, que nunca vão te soltar mais e te deixar sozinho, porque isso vai acontecer ao longo da sua vida. Mas, cá entre nós, quem sabe o caminho não depende de guia. Descubra seu caminho, quem você é. Ame-se e ande. Ande, acompanhado ou não, porque no final de tudo, quando a estrada (longa e deserta) terminar, você vai apenas agradecer aqueles que te soltaram, porque foi por esses tombos que tu aprendeu a se levantar e caminhar.

  • Compartilhar:

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Espero que tenha gostado do post de hoje. Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post, e se devo trazer mais deste conteúdo para o blog.

Ahh, e aproveite e deixe seu link, para que nós do AB possamos retribuir sua visita!