16 maio 2018

E se a escuridão fosse real? Parte Final

          

Caso ainda não tenha lido a primeira parte do conto, acesse >> E se a escuridão fosse real? Parte 1

— Achei!! — Gritou Jasmine. — Onde ??
— Aqui Jack, olhe dona Clarice, olhe!
— Ai, graças a Deus minha filha. — Abracei-a.
— O que fazemos agora Jack??
— Vamos sair daqui e queimar essa bagaça!

Chegando em casa, fomos para o quintal de trás. Jack pegou álcool e um fósforo, colocou a faca em um amontoado de pequenos galhos de madeira improvisado e colocou fogo. Pude ver nos olhos de Jasmine um alívio enquanto as chamas derretiam a faca. Sentamos em volta do fogo, a chuva havia passado e restou apenas o ar gelado.

Tempo depois entramos, Jack ficou responsável por eliminar qualquer resto que ficou da faca. Jasmine foi tomar  um banho, e quando saiu, se despediu de Jack, de mim e foi pegar a estrada para ver como estava sua mãe.

— Eu nunca vou esquecer o que a senhora fez por mim dona Clarice, foi uma segunda mãe que me ajudou muito, vou ser eternamente grata por tudo, muito obrigada. — Abraçou-me e chorou, mas foi um choro bom, de alívio e felicidade.

— E muito obrigado Jack, sem você eu não conseguiria nada, você salvou minha família. Obrigada!
— Não, você salvou sua família. Tu é uma guerreira menina.

Quando Jasmine pegou a estrada, eram quase duas horas da manhã, fiquei preocupada, mas logo cedo ela ligou dando notícias de que sua mãe teve uma melhora súbita. Estava para ter alta no dia seguinte, estava bem melhor aparentemente, e sua tia, a que fez a magia negra contra a família, sofreu um mal súbito e faleceu naquela mesma noite em que a faca foi destruída. Sei que o pai de Jasmine não volta mais, nem sua família, a ser o que era antes de tudo isso, mas me sinto feliz e grata por conseguir ajuda-los para que eles possam finalmente seguir em frente com suas vidas. A escuridão é real e está  mais perto do que podemos imaginar, mas não deixe ela dominar, a luz que está em você é bem maior que qualquer treva que tente te atingir.

FIM!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Espero que tenha gostado do post de hoje. Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post, e se devo trazer mais deste conteúdo para o blog.

Ahh, e aproveite e deixe seu link, para que nós do AB possamos retribuir sua visita!