08 agosto 2018

Os Pilares dos Jogos | Narrativa


Introdução 

Pretendo nessa série, mostrar as bases na construção de um jogo. Quero também explorar algumas interações entre elas que faz com que um jogo tenha uma sensação de único, mesmo sendo 98% igual a todos os outros jogos. E, demonstrar porque esses 2% dos jogos nos proporcionam tanta admiração.

Nesse primeiro post, vou começar falando da narrativa de um jogo.


Narrativa

A narrativa de um jogo é diferente da de um filme ou livro, pela interação que temos como o universo presente nele, como por exemplo, em The Elder’s Scrolls V - Skyrim, onde você pode deixar de conhecer 90% da história, caso não fale com os NPCs (Non-Playable Characters, ou, Personagens não jogáveis). 

A narrativa de um jogo pode ser dita como a história em si, a trama que move os personagens para seus objetivos, ou ainda pode ser compreendido, como a “leitura” que temos do jogo como num livro, contando os fatos e acontecimentos. 

A trama é a base narrativa mais clássica, é a história em si, é o objetivo dos personagens, nela nós temos a novella, o interlace das vidas que levam ao desfecho daqueles que acompanhamos por toda a aventura do jogo. 

Podemos dividir a narrativa de um jogo em duas partes bem distintas que servem propósitos diferentes e trabalham para a construção de um excelente jogo, a trama e o mundo


Tipos de narrativa

  • Trama

Há jogos, nos quais, a trama é feita pelo jogador e não para ele, esses sãos os jogos que nós nos apegamos ao nosso personagem, é onde nós podemos crescer como pessoas através de outras vidas, é onde nós podemos descobrir coisas sobre nós mesmos, fazer decisões que nunca ocorreriam na nossa vida, ou ainda que poderiam ocorrer e então nos surpreendem pelas escolhas que fazemos.

É nela que vemos nossos personagens de um RPG crescerem, ou nosso protagonista vingar a sua família, é ainda onde nós aprendemos que o antagonista na verdade estava tentando salvar o mundo, mesmo que tenha quase o destruído no processo.

Mas ainda assim ela não é estritamente necessária, vários jogos conseguem entregar uma narrativa imensamente rica, complexa e imersiva, com basicamente nenhuma trama, ou as vezes, descaradamente sem trama. 

  • Mundo

O mundo é tudo que está acontecendo, é a Lore, é a identidade de cada grão de areia na praia ou pedrinha na montanha, é a história de excalibur, é a descrição de um anel amaldiçoado que diz que precisa sacrificar uma virgem sagrada para ativar seus poderes, é a conversa entre dois NPCs na quitanda da feirinha. 

“Espera um momento” você pode estar pensando, “como um jogo consegue entregar uma história rica, complexa e imersiva sem ter uma trama?” E a resposta para isso é bem simples, pelo mundo. 

Utilizando o exemplo de Skyrim, é o rumor de que uma ordem de ladrões protegidos por uma entidade divina estão recrutando novos membros. 

Mas o mais importante sobre o mundo, é que nele estão as coisas que fazem de cada jogo único, mesmo contendo histórias basicamente idênticas tenham sensações totalmente diferentes, como na série Souls, onde cada jogo tem uma sensação única, exemplo, a ambientação de Dark souls 2, com a natureza por todo lado e as ruínas presentes, mostrando um mundo decadente, onde a humanidade de seus humanos está por um triz acima de um precipício e a ambientação Escura de Bloodborne, onde monstros estão por toda a parte e o caos rola solto. 

E por fim, podemos ver que por melhor que seja a novella, ela não inclui tudo e por isso, o mundo no qual o jogo se passa é tão importante. 

Logo logo tem mais posts da série, fiquem atentos! 

Um comentário:

  1. Olá Henrique!!!
    Não conheço muito dos games e não saberia muito opinar em relação em como todas essas características atraem as pessoa.
    Porém, admito que sou apegada a games que tem uma história por trás e que chama a gente a querer saber o que vai acontecer.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir

Espero que tenha gostado do post de hoje. Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post, e se devo trazer mais deste conteúdo para o blog.

Ahh, e aproveite e deixe seu link, para que nós do AB possamos retribuir sua visita!