20 agosto 2018

Resenha #100 - Sorrisos Quebrados


 Esse livro eu vi circulando em alguns grupos que faço parte e gostei muito dos comentários. Me encantei pela "belezura" da capa também!

O livro é narrado em terceira pessoa e cada capítulo é alternado entre a Paola e o André. Ambos os personagens tem personalidades e histórias sofridas, mas não tem como negar que Paola é uma vitoriosa.

Paola era uma jovem feliz, com um sorriso encantador. Tinha a vida perfeita, um namorado charmoso e romântico, que a amava. Ela e Roberto estavam prontos para darem o próximo passo, por estarem namorando há alguns anos. Portanto, Paola não pestanejou em aceitar, ela o amava. E foi quando tudo mudou!


Paola passou a ser espancada pelo seu próprio marido que deveria ser seu porto seguro. Ao invés de ter paz, alegria e amor, passou a viver todos os dias um inferno em vida. Ela era violentada e espancada. Roberto achou que tinha tirado tudo de Paola, mas a esperança de se libertar daquela vida ele não conseguiu tirar dela.

Paola planejou sua fuga por diversas vezes, fez tudo como havia planejado, mas Roberto desconfiou. E foi quando o fim chegou. Roberto não teve um pingo de piedade, soltou seu tão amado cachorro treinado em Paola, que estava indefessa. Ele a deixou para morrer pelos dentes do cão raivoso.

Por um milagre ela sobreviveu aquela noite, contudo, dali ela saiu com sequelas em seu corpo e coraçãoque carregaria pela vida toda. Seus pais ficaram inconformados por não terem percebido o que estava acontecendo e se culpavam. Mas Paola não os culpava por não terem visto a máscara que Roberto carregava.

Com a dor em seu coração e no olhar das pessoas que a amavam, deixou sua família e foi embora para uma clínica para pessoas que a sociedade não aceitava, seja por uma doença mental, ou por uma deformidade. Paola foi acolhida nessa clínica e ali encontrou paz para seu coração. Até Sol aparecer em sua vida com o homem assustador que era André.
Ele é o urso dono da floresta, que caminha ferozmente e com cautela, pois já ficou preso em armadilhas escondidas que o feriram gravemente.  

André, um homem forte e de família simples, que tinha o sonho de ser arquiteto, se apaixonou por Renata, uma modelo que tinha sérios problemas com álcool e drogas, além de ser infiel a ele.

André morria por ela, enquanto Renata queria curtição e drogas. Renata sempre soube que André faria tudo por ela e usou isso contra ele, ela ficou grávida e correu para André, que achou que o filho que ela esperava era dele, doce ilusão, mas de qualquer forma o bebê se tornou sua filha de coração quando nasceu. Uma linda menina chamada Sol!

Sol tem um importante papel nessa história toda, pois uma menina tão bela como ela foi exposta a crueldades por uma mãe irresponsável. A menina durante toda a trama carregou consigo um fardo imenso e só se abria perto do pai protetor, André, até Paola aparecer.

As duas se dão bem logo de cara e não tem quem consiga as separar. Paola e André acabam por se entender, pelo bem de Sol. Mas muitas barreiras teriam que ser derrubadas até que dois corações quebrados pudessem se encontrar.



O livro aborda algo muito polêmico. E para mim, é muito tocante isso - no meu íntimo tenho meus motivos. E a forma como Sofia Silva abordou a verdade nua e crua da violência doméstica que muitas mulheres vivem, fez meu coração se quebrar algumas centenas de vezes durante a leitura. A forma como acabou para Paola, André e nossa querida Sol, é merecida, mas quando leio palavras assim, eu consigo ver como o homem, no geral, é tão sem piedade em sua alma. E quando procuramos por relatos de mulheres que venceram esse abuso, são tantos.
A vida não deve ser medida por "mais um dia". Não. Ela é feita por pequenos e efêmeros momentos que mudam tudo. O segundo em que meus olhos encontraram os de Roberto. O segundo em que eu disse Sim na igreja. O segundo em que eu não disse Não quando ele me obrigou a fazer o que eu não queria. O segundo em que, em vez de gritar Basta, saíram de meus lábios molhados por lágrimas: Te perdoo. O segundo em que dei mais uma chance.  
Este é um livro que indico a pessoas fortes, que queiram sentir como é passar por isso. O livro é lindo, mas é preciso ter opinião para lê-lo. E parabenizo a autora pela coragem e o talento que teve com as palavras, para nos transportar ao inferno e ao céu desses personagens.

FICHA TÉCNICA  
    

Nota do crítico: ★★★★★
Título: Sorrisos Quebrados
Série: ------
Volume: Único
Gênero: Ficção / Romance
Autor/Organização: Sofia Silva
Editora: Valentina
Selo: ------
Páginas: 232
Ano: 2017
Sinopse: Sorrisos Quebrados gira em torno de três personagens: a jovem Paola, a pequena Sol e seu pai, André. Os três são vítimas de violências distintas, que deixaram marcas profundas em cada um. Trata-se de uma história de superação de dores, magia, estrelas e de como importantes laços humanos podem se formar a partir da autoaceitação, da arte e da tolerância no cotidiano.



Um comentário:

  1. Olá Viviane!!!
    O livro já está adicionado na minha lista de leitura há algum tempo, pois uma amiga leu e amou o livro, e claro me recomendou.
    Eu adorei como você trouxe em sua resenha o que o livro aborda e eu me vi com lágrimas nos olhos pelo trabalho da autora belíssimo, e também pela história do livro.
    Ah! Só um detalhe nas fotos é uma "Tardis" que aparece?? Pois se você for fã de Doctor já podemos ser amigas *-*
    Adorei sua resenha!!!

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir

Espero que tenha gostado do post de hoje. Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post, e se devo trazer mais deste conteúdo para o blog.

Ahh, e aproveite e deixe seu link, para que nós do AB possamos retribuir sua visita!