16 outubro 2019

Riverdale, a série que retrata as várias versatilidades que a vida pode provocar


É fato confirmado que a vida proporciona várias reviravoltas em diferentes momentos da vida de uma pessoa. Como já dizia o buda Sakyamuni, tudo nesta vida é mutável, o que significa que nada é para sempre. Em Riverdale, vemos essas várias facetas sendo aplicadas diretamente na vida dos jovens personagens que compõe a trama. Fugindo totalmente da inércia de um roteiro único, os personagens estão constantemente sofrendo alterações drásticas em seus cursos, quer sejam elas positivas ou negativas.


Atualmente a série possui três temporadas, estando com sua quarta já em produção. Assim como qualquer história, Riverdale também segue uma linha de desenvolvimento. Se esta linha permanece lógica, já não sei se posso comentar sobre isto com tanta certeza, já que a terceira extrapolou um pouco os fatos apresentados pela primeira e a segunda. Sobretudo, em todas as temporadas da obra, a retratação de uma distopia na vida de cada um é avidamente trabalhada, desde a apresentação do figurante, a vida que ele leva, as escolhas no decorrer do caminhar e suas consequências.


Jason Blossom

Jason Blossom é o fator primordial para o desenvolvimento futuro de Riverdale, já que ele é o tema central da primeira temporada da obra. O caso gira em torno dele, Cheryl Blossom, sua irmã e a família Blossom, a família mais influente da cidade. Após Jason ser assassinado, a vida pacata dos moradores muda completamente. Sem saber o que instigou esse assassinato ou mesmo quem foi o responsável, a cidade se mobiliza, a fim de encontrar o culpado pelo crime. Assim somos apresentados aos protagonistas da série.


Jughead Jones, Archie Andrews, Betty Cooper e Veronica Lodge são o foco de Riverdale e os responsáveis por causar todas as ações positivas e negativas no enredo. São eles que, constantemente, têm suas vidas afetadas pelas escolhas. Nesta primeira temporada é abordada a vida de cada um, para fins de conhecimento e de afinidade com os personagens. Aqui, conhecemos a vida que cada um costuma levar e como eram felizes, mas também vemos o primeiro evento caótico que sofreria vários desdobramentos no futuro.


O Gorro Negro

Na segunda temporada, Betty Cooper é o centro. Explicado o assassinato de Jason Blossom, o tal desdobramento no tópico anterior é posto em ação. A vida de Betty, antes feliz e harmoniosa, passa a sofrer várias assimetrias quando ela entende que sua vida está em perigo. Um assassino em série está matando pessoas em Riverdale e, com os vários incidentes, recebe o nome de Gorro Negro, justamente por usar um capuz preto para esconder seu rosto.


Betty recebe ajuda de seus amigos para deter este cruel inimigo que deseja ceifar sua vida. Enquanto este vai se desenrolando, a vida dos demais personagens começa a sofrer mudanças, pois cada um tem sua parte de influência e importância. Assistida a vida de um personagem e seus problemas, a cena troca para a vida de outro e seus problemas a serem enfrentados. Não focando apenas em uma história, Riverdale trabalha muito bem o conceito de ensemble cast.


O Rei Gárgula

Chegamos ao último evento da série até o momento, o assunto da terceira temporada. Esse foi o comentado acima como "o que mais foge da linha construída pelas temporadas precedentes", uma vez que aborda sobre eventos sobrenaturais. E, após acompanharmos a vida de cada um na primeira e segunda temporada, esta terceira reverbera ainda mais forte a ideia de desgraça. Uma das Leis de Murphy diz que, se algo tem tendência a dar errado, dará errado. Fato concreto na vida dos personagens de Riverdale. Neste ponto, na medida em que algumas coisas foram resolvidas e superadas, outras iniciam-se com uma potência mais absurda, trazendo eventos mais bizarros e sanguinários.


Ainda assim, a história permanece com suas ligações com as temporadas anteriores, o que faz com que a coesão do roteiro permaneça inabalável. Riverdale é uma grande série. Interessante, misteriosa e com vários elementos atrativos, principalmente se você é jovem. É uma boa indicação para você que está à procura de uma nova série para começar a assistir.

FICHA TÉCNICA



Nota do crítico: 
★★★★
Título: Riverdale
Gênero: Drama, adolescente, mistério
Autor/Organização: Roberto Aguirre-Sacasa
Distribuidora: The CW
Selo: ------
Ano: 26 de janeiro de 2017 – em desenvolvimento
Sinopse: A pequena e tranquila cidade de Riverdale fica de cabeça para baixo quando é atingida pela misteriosa morte de Jason Blossom, um garoto popular do ensino médio e membro da família mais poderosa da cidade. Archie Andrews, Betty Cooper, Veronica Lodge, Jughead Jones, Cheryl Blossom, Josie McCoy e seus amigos exploram os problemas da vida cotidiana na pequena cidade, enquanto investigam o caso de Jason Blossom. Mas, para resolver este mistério, o grupo de amigos deve descobrir os segredos que estão enterrados profundamente na superfície da cidade, pois Riverdale pode não ser tão inocente como parece.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Espero que tenha gostado do post de hoje. Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post, e se devo trazer mais deste conteúdo para o blog.

Ahh, e aproveite e deixe seu link, para que nós do AB possamos retribuir sua visita!