SOBRE O BLOG

PROJETOS AB

Downloads

Finanças | Tá na hora de se organizar

by - 9.4.20

Imagem criada no Canva

Depois de aprender, me organizar e voltar a ficar desorganizada de novo. Decidi tomar vergonha na cara e voltar a fazer meu planejamento financeiro. E aproveitando, é claro, vim compartilhar com vocês o método Nathalia Arcuri.

P.s.: Toda vez que você ver a palavra guardar/reservar, leia-se investir.


Receitas:

Essa é sempre a parte que todo mundo gosta e anceia, o dia que o dinheiro entra em nossas contas.

Nesse tópico você deve anotar todo o dinheiro que você recebe. Seja ele originado do seu salário ou alguma renda extra.

Com o valor toda da sua renda mensal calculada, agora vamos a parte que dá aquele aperto no peito. Que deixa muita gente cabisbaixa, as despesas.


Despesas:

À primeira vista, a palavra despesas causa até um desconforto, pode confessar. Mas calma que, com o devido planejamento, você terá controle sobre o seu dinheiro e poderá relaxar, sabendo que tudo está dentro do planejado.

Vamos agora as divisões da sua renda, que será feita em 5 partes: essencial, aposentadoria, educação, objetivos e livre.

  • Essencial  — Para esse tópico você deverá reservar 55% da sua renda. Aqui entrarão contas fixas, e como o próprio nome diz, despesas essenciais, como conta de água, luz, telefone, faculdade, curso de idiomas, etc. Tudo que for indispensável! E vale lembrar que se, para você, for essencial por exemplo ir ao cinema pelo menos 1 vez por semana, então esse custo deve estar incluso aqui também.
Exemplo: 
Com uma renda de → R$ 1.000,00
Você irá reservar → R$ 550,00

  • Aposentadoria — Pensando no seu futuro, já que convenhamos que contar com dinheiro do governo está bem inviável, uma opção interessante é você se preparar com antecedência e garantir que no futuro você tenha dinheiro para aproveitar a vida. Então, para esse tópico você irá separar 10% da sua renda, para aplicar em investimentos de longo prazo.
Exemplo: 
Com uma renda de → R$ 1.000,00
Você irá guardar → R$ 100,00

  • Educação — Se você quer evoluir e ter a chance de aumentar a sua renda, uma boa pedida é investir no seu aperfeiçoamento. Portanto, todo mês você deverá reservar 5% da sua renda para comprar algum livro ou curso, que te ajude a dar um up no seu currículo ou te possibilite formas de obter uma renda extra.
Exemplo: 
Com uma renda de → R$ 1.000,00
Você irá guardar → R$ 50,00

  • Objetivos curto/médio/longo prazo — Planos. Se você, assim como eu, gosta de fazer planos para o futuro, esse é um tópico essencial. Aqui, nós iremos reservar 20%, que serão divididos em 3 partes.
    • Curto prazo: todos aqueles objetivos que vão de agora até os próximos 2 anos.
    • Médio prazo: todos os objetivos para serem realizados daqui há 2 anos a 7 anos.
    • Longo prazo: todos os seus objetivos para daqui há 8 anos ou mais.
Exemplo: 
Com uma renda de → R$ 1.000,00
Você irá guardar → R$ 200,00

Como esse tópico possui vários sub-tópicos, você pode analisar as suas metas e decidir qual a melhor forma de dividir esse valor.
Reserva de emergência: super importante. Tão importante que destaquei aqui.

Antes de guardar dinheiro para os seus objetivos você deve criar primeiro, ou paralelamente, uma reserva. Esse dinheiro é uma espécie de seguro. Não sabemos o que vai acontecer no futuro, então ter um dinheiro para emergência será de grande ajuda. Pode apostar!

Quanto se deve reservar: multiplique a sua renda atual por 6x e terá o valor final para ir juntando para criar sua reserva de emergência.


Exemplo: 
Para uma renda de → R$ 1.000,00
A reserva de emergência é de → R$ 6.000,00

Um exemplo de uso é, no caso de ficar desempregado, ir se mantendo com esse dinheiro até arranjar um novo emprego. Ou, como aconteceu com o meu pai alguns anos atrás, precisar fazer uma cirurgia. 
  • Livre — Esse é provavelmente o tópico que mais interessa a todos, essa é aquela parcela do dinheiro que você pode usar da forma que bem entender. Já que todas as suas despesas e investimentos já tem seu valor separado, com os últimos 10% você pode se divertir e gastar sem peso na consciência. E é pra gastar mesmo, ein? Além de pagar contas e guardar para o futuro, é preciso também aproveitar o agora.
Exemplo: 
Com uma renda de → R$ 1.000,00
Você irá guardar → R$ 100,00


Depois de analisar tudo o que foi citado acima. Percebeu que suas finanças não são suficientes? Acha que as porcentagens pra os tópicos são muito baixas? Então grave bem o que irei dizer a seguir...
Você tem duas opções, ou diminuí os seus gastos ou aumenta a sua renda.
Sinto muito dizer, mas se você quer ter o controle sobre as suas finanças, e não ser controlado por ela, terá que se esforçar e fazer uma escolha.

Fonte/Referência: Nathalia Arcuri - Me Poupe



Antes de fechar esse post... calma, calma, calma! Tenho um presentinho pra vocês.

Para quem quiser imprimir, preparei no Canva dois modelos para vocês salvaram e utilizarem para se organizar, com base em tudo que falei nesse post. Em breve, irei colocar os arquivos em pdf lá na nossa página de downloads.

Espero que isso os ajude a ir rumo ao sucesso.

        




Talvez você goste também...

0 Comentários

Espero que tenha gostado do post de hoje. Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post, e se devo trazer mais deste conteúdo para o blog.

Ahh, e aproveite e deixe seu link, para que nós do AB possamos retribuir sua visita!