Resenha - Baía da Esperança

Por Nahh lima - 30 novembro


Classificação:
★★★★
Título: Baía da Esperança
Gênero: Romance
Autor: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Páginas: 301
Ano: 2016
           

Sinopse:

Liza nunca conseguiu fugir do passado. Mas nas praias paradisíacas da encantadora comunidade de Silver Bay ela ao menos encontrou a liberdade e a segurança que procurava se não para ela, para sua filha pequena, Hannah, até que Mike Dormer se hospeda no hotel que Liza administra com a tia.

Um perfeito cavalheiro inglês, com roupas elegantes e olhar sério, Mike pode significar o fim de tudo que Liza trabalhou arduamente para proteger: não apenas o negócio da família e o lugar que tanto gosta, mas principalmente a convicção de que ela nunca amaria nem seria digna de amor outra vez.

Resenha:

Esse é o primeiro livro que li da autora, e por isso, acabei me surpreendendo com a forma como me encantei com a escrita da Jojo Moyes. A história de Baía da Esperança não é do tipo emocionante a cada instante, mas é uma história gostosa de ler do começo ao fim e que tem personagens que me cativaram e que me fizeram se apegar a eles.

O livro é narrado em primeira pessoa, sendo que, a cada capítulo nós vemos os acontecimentos pelos olhos de outra pessoa, um ponto de vista e uma personalidade diferente que acrescentam, e muito, na bagagem que o livro trás.

A história se desenrola basicamente quando o Mike se hospeda no hotel Baía da Esperança. O objetivo dele ao ficar em Silver Bay é conhecer mais sobre a região e elaborar uma forma de conseguir a liberação para construir o novo hotel de luxo que a empresa onde ele trabalha planeja executar.

Assim que ele chega, todos da região percebem que tem algo errado, pois ele é um cara mais engomadinho e o hotel Baía da Esperança é um local mais simples, um local que geralmente se hospedam famílias e pessoas que gostam da calma que o local oferece.

O objetivo inicial do Mike era esse, chegar, conseguir a liberação para a construção do hotel e depois voltar para a sua vida antiga. Contudo, as coisas não acontecem como ele espera e ele acaba descobrindo muito mais em sua estada no hotel do que imaginava, acaba percebendo que há coisas mais importantes do que o seu emprego e acaba descobrindo também o que é se apaixonar de verdade, e que, com certeza, não é o que ele sente pela sua noiva.

Do outro lado da história nós temos a Kathleen, a Liza, a Hannah e o dilema dos animais marinhos de Silver Bay. A Kathleen é a dona do hotel, uma mulher já com uma idade avançada, madura e experiente, e o que eu mais gosto nos capítulos dela é o doce e enrolado romance entre ela e o Nino Gaines, que é apaixonado por ela desde muito novo.

Em relação a Liza e a Hannah, apesar de elas serem mãe e filha, elas são, em partes, muito diferentes. O que elas tem em comum é a sua paixão pelo mar e os animais que vivem por lá, mas ao contrário da Hannah que é uma menina doce e muito esperta, a Liza é uma mulher mais séria e fechada. Contudo, esse lado da Liza tem um motivo, ele se deve a um peso gigantesco que ela carrega nas costas, por conta de seu passado.

Com a chegada do Mike, a vida de todas elas será abalada e a vida dos animais marinhos correrá um sério risco, pois, a construção de um novo hotel de luxo acarretará em mais movimento nas águas, movimentos indesejados de pessoas que não se preocupam com o bem estar dos animais e com o impacto que eles causam.

Enfim, não tenho o que reclamar da história que a Jojo Moyes nos conta nesse livro, mas tenho que dizer que apesar de toda a leitura ter me agradado, o ponto alto da história se dá no final, onde a autora me surpreendeu e muito.

Quando eu estava bem no finalzinho do livro, comecei a ficar muito preocupada, pois, estava vendo as páginas passarem e eu imaginava que ainda precisava acontecer muita coisa, por isso, comecei a ficar com medo que a autora me decepcionasse no final. Contudo, ela fez o contrário e me surpreendeu, ela criou problemas que eu nunca imaginava que fossem aparecer, que me fizeram ficar agoniada e desesperada, junto com os personagens, mas também mostrou soluções, que me fizeram sorrir e rir da forma como a autora concluiu com algo tão simples.

Bem... eu só posso finalizar dizendo que adorei ter lido Baía da Esperança e que recomendo que vocês também a conheçam. Ela trás uma simplicidade e uma história emocionante, com um significado muito bonito, uma mensagem de simplicidade, sobre descobrir o que realmente é importante na vida, sobre ser forte, sobre dor e perda, mas principalmente sobre amor.

Essa foi a resenha e minha indicação de hoje para vocês, espero que tenham gostado. Não se esqueçam de deixar aqui o seu comentário. Se você já leu o livro, compartilhe comigo o que achou da história...

Até a próxima!!

  • Compartilhar:

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

6 comentários

  1. Olá!
    Dá um desespero ver que você tá lendo e lendo e nada realmente emocionante está acontecendo!!
    Eu já li Como Eu Era Antes de Você da autora e adorei a escrita dela. Quase comprei esse livro na Sebo aqui da minha cidade, mas o preço estava um absurdo!
    Vou tentar compra-lo na internet.
    Ótima resenha!!!

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi flor
      Obrigado. Que bom que gostou da resenha.
      Eu ainda não li "Como eu era antes de você", contudo, depois de ter lido "Baía da esperança"
      e de ter gostado tanto da escrita da autora, estou realmente pensando na possibilidade de
      ler ele. Mas se não for esse, con certeza eu vou acabar lendo algum outro livro da Jojo Moyes.

      Beijos!!

      Excluir
  2. Olá! o primeiro livro da Jojo que eu li foi Como eu era antes de você, no qual eu adorei ele, peguei esse livro emprestado da minha tia com muitas expectativas, achando que ia gostar tanto quanto gostei do anterior, mas eu não consegui passar do primeiro capitulo, achei a historia meio lenta sabe?
    Beijos
    http://agridoceleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luciana
      Eu entendi o que você quis dizer e concordo com você, a história flui mais devagar.
      Mas acho que estava no "momento" de ler algo assim, por isso acabei gostando.
      Que pena que não conseguiu continuar a leitura, o final da história é muito bom.
      Beijos!!

      Excluir
  3. Eu não conheço esse livro ainda, na verdade até hoje eu nem tinha lido a sinopse dele, mas achei bastante interessante, eu adoro livros que são narrados por pessoas diferentes, deixa a leitura e história mais dinâmica.
    Dos livros da Jojo eu só li Como Eu Era Antes de Você e me apaixonei, então imagino que voou gostar desse, pelo menos sei que gosto da escrita dela.
    Ótima resenha. Beijos! ^^
    Eating Peanuts

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karina
      Que bom que gostou da resenha. Espero que goste da leitura, eu adorei...
      Beijos!!

      Excluir