Um certo dia

Por Gabrieli Andrade - 28 fevereiro


Um certo dia, resolvi ser criança
Voltar nos velhos e doces tempos
Reviver os momentos bons
De um tempo que todos um dia deixamos para trás

Um certo dia, vi poesia na lua
Admirei o quanto sua beleza inspirava corações
Por um momento quis ser como ela
Num céu imenso e rodeado de estrelas 

Um certo dia me imaginei distante
Longe do barulho da multidão vazia
Longe de tudo que pode ser  confuso
Perto da paz e calmaria de uma praia distante

Um certo dia, olhei o mundo 
Vi que precisamos de calma
De passos leves e risadas mais longas
De amores mais profundos.

  • Compartilhar:

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

0 comentários

Espero que tenha gostado do post de hoje. Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post, e se devo trazer mais deste conteúdo para o blog.

Ahh, e aproveite e deixe seu link, para que nós do AB possamos retribuir sua visita!