16 maio 2019

Crítica - A Princesa e a Plebeia


A Princesa e a Plebeia, um longa Netflix, entrelaça a vida de duas personagens, a Stacy (Vanessa Hudgens) uma confeiteira de Chicago que vai para Belgravia disputar um concurso de confeitaria e a Lady Margaret (Vanessa Hudgens), a duquesa de Montenaro, que está noiva do Príncipe Edward (Sam Palladio). 

Quando Lady Margaret esbarra com Stacy e percebe a enorme semelhança entre as duas, logo propõe uma troca de lugares temporária para que ela possa saber como é ser uma pessoa "normal", sem suas responsabilidades de duquesa, pois sempre quis ser simples. 

Stacy acha uma loucura, porém é logo convencida por Margaret. E então essas duas vivem experiências totalmente diferentes do que costumam viver no seu dia a dia. Com isso Stacy conhece o Príncipe Edward e Lady Margaret conhece o melhor amigo de Stacy, o Kevin (Nick Sagar) e sua filha Olivia (Alexa Odeosun). Isso tudo, muda a vida dessas meninas


É uma delícia acompanhar o desenvolvimento da trama e dá vontade de que o filme tenha mais tempo, para podermos acompanhar as novas experiências de Stacy e Lady Margaret. 

O que eu mais gostei nesse filme é que não tem aquela rainha ou rei malvado tentando destruir o relacionamento do casal, porque não concordam e blá blá. A trama simplesmente ocorre naturalmente com os percalços normais da situação, sem precisar de um vilão. 

É realmente um sonho de natal, leve, divertido e emocionante. Um filme de natal perfeito. Para quem gosta dessa temática vai amar, eu fiquei derretida com a leveza do longa.


FICHA TÉCNICA  


Nota do crítico: ★★★☆♡

Título original: The Princess Switch

Origem: Estados Unidos
Gênero: Romance, Comédia 
Duração: 101 min
Trailer: Clique Aqui
Direção: Mike Rohl
Ano: 2018
Sinopse: Uma duquesa e uma confeiteira descobrem que são sósias perfeitas uma da outra e decidem trocar de lugar. Quando elas se apaixonam por homens que não fazem a menor ideia de quem elas são de verdade, esse plano pode virar um problema.




8 comentários:

  1. É um filme tão levinho, tão clichê, mas tão gostosinho. Não o vi no Natal, mas quero.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi Lary,

      Siim, uma delicia de assistir :D

      Beijos

      Excluir
  2. Ah, eu não assisti ainda mas o Netflix ta me sugerindo aqui
    Acho que vou me arriscar nesse friozinho
    que bom saber que é levinho, vou por aqui eu acho rsrsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi Pâm,

      Isso mesmo, é muito bom assistir filmes assim no frio, aproveita haha'

      Beijos

      Excluir
  3. Ahhh que gracinha de filme!
    Eu tinha colocado na minha lista para ver no Natal, mas acabou passando. Na verdade eu nem conhecia a história direito, mas adorei ! Eu gosto de filmes assim levinhos, sem vilões e histórias muito mirabolantes, para curtir num domingo de frio kkk!

    Bjao
    Início de Conversa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi Janaína,

      Também sou dessas que ama filmes assim, bem leves e divertidos haha' Beijos

      Excluir
  4. Amei demais seu post, vi esse filme no fim do ano passado e fiquei encantada, é um clichê super gostoso!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Kaila,

      Que bom que gostoou, é uma delícia de assistir mesmo.

      Beijos

      Excluir

Espero que tenha gostado do post de hoje. Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post, e se devo trazer mais deste conteúdo para o blog.

Ahh, e aproveite e deixe seu link, para que nós do AB possamos retribuir sua visita!