23 junho 2019

Crítica - Goblin


Mágico e maravilhoso, são as palavras que eu uso para começar a descrever o que é esse drama. Para descrever a experiência de assistir e imergir nessa história apaixonante que é Goblin.

Também conhecido como Mr. Sunshine, The Lonely, Shining Goblin e Guardian:The Lonely and Great God, o dorama, que aqui chamaremos de Goblin, é uma mistura de romance e fantasia, com toques de humor


Em sua história, somos apresentados a um grande general do passado, que foi traído e morto por seu rei. Mas, como muitos de seu povo rezavam e pediam por sua alma, lhe foi concedido a chance de voltar a vida.

Contudo, como ele era um general que andava de guerra em guerra, e sua espada carregava o sangue de muitas pessoas, ele também recebeu um castigo. Ele ganhou o prêmio de voltar a vida, mas também recebeu o castigo da imortalidade, de ver as pessoas próximas a ele morrerem e nunca, jamais, esquecer nenhuma morte.

Desde então, ele ficou conhecido como o Duende (Gong Yoo), e vaga pelo mundo a procura da noiva do Duende (Kim Go-Eun), a única capaz de ver e retirar a espada que está cravada em seu peito. Quando isso acontecer, ele finalmente voltará as cinzas e poderá descansar em paz.


Esse é o prelúdio que temos da história do passado, para então partir para os dias atuais, cerca de 900 anos depois, onde os caminhos da jovem Ji Eun-tak se cruzam com o do Duende. 

A Ji Eun-tak é uma estudante do ensino médio, que teve uma vida bem difícil desde que nasceu. Pra começar, ela é capaz de ver fantasmas, e por isso as pessoas costumam se afastar dela. Além disso, depois que sua mãe morre, ela acaba indo morar com a sua tia e seus primos, que nunca a trataram bem e só se interessavam pelo dinheiro do seguro de morte da mãe dela.


Depois de ter assistido a todos os episódios do drama, posso dizer que, com certeza, AMO esse casal. Mas no começo, pra mim foi um pouco estranho considerá-los um casal, por causa da diferença de idade deles. Afinal, ele não só é bem mais velho que ela, como também, ela ainda é uma colegial.

Contudo, como o relacionamento deles transcorre de forma leve e os personagens são tão cativantes, acabei deixando um pouco de lado essa primeira impressão e me apaixonado de vez por eles. Pelo seu romance divertido e doce, que aos poucos vai crescendo e se transformando em algo mais forte, capaz de superar as adversidades que aparecem em seu caminho (e olha que são muitas, ein)
A massa não é proporcional ao volume. Uma menina tão pequena quanto uma violeta. Uma menina que se move como uma pétala de flor, está me puxando para ela com mais força do que sua massa. Assim, como a maça de Newton, eu rolei em sua direção sem parar até eu cair sobre ela... com um baque. Com um baque, meu coração continua pulando entre o céu e o chão. Era meu primeiro amor.
Eu adorei conhecer nessa história a Ji Eun-tak, que apesar de tudo o que viveu continua sendo uma menina doce. Sua energia e seu sorriso são refrescantes, e sua sinceridade e pureza são desarmantes.

Foi justamente essa sua personalidade, que fez com que o Duende quisesse protegê-la e, mais tarde, o fez se apaixonar perdidamente, a ponto de mudar o seu desejo de voltar as cinzas.

Quanto ao Duende, acho que não tenho muito a dizer, só que, assim como os personagens masculinos (principais) em todos os doramas, ele é um personagem maravilhoso, daqueles que é fácil se apaixonar e suspirar com suas palavras e ações.
— Sabe o que significa?
— Não
— Isso significa... "Um par feito no céu" em francês. Destino feito fora dos limites do homem.

O outro romance que temos no drama é o da Sunny e o Ceifador. Esses dois são um amor. O relacionamento deles começa meio atrapalhado e cômico, mas com o desenrolar da história e conforme conhecemos mais a fundo o seu passado, vemos o quão profundo e trágico é o amor desses dois.

O Ceifador é alguém que cometeu um grande pecado em sua vida anterior, mas que não se lembra de quem era e nem o que fez. Ele acaba encontrando por acaso a Sunny, e sem saber o porquê, ele chora. Provavelmente por causa disso, ele acaba chamando a atenção dela, que fica intrigada com a sua reação.

Apesar de bem diferentes um do outro, eles formam um casal muito fofo. Ele todo sem jeito, mas todo encantado por ela. E ela com seu jeito desinibido e direta, que parece se derreter por esse cara estranho e intrigante que ela acaba de conhecer.


Além dos dois romances que desenrolam durante a trama, tem mais um relacionamento que adorei ver, e dessa vez não é romântico, e sim de amizade.

Apesar da imagem anterior mostrar esse trio que é super divertido, eu me refiro a amizade apenas do Duende e o Ceifador. Aquele tipo de relacionamento que começa cheio de discussões e provocações, mas que no fim se mostra uma amizade verdeira, que no fundo eles se importam um com o outro.

Além disso, gostei dos personagens secundários, que apesar de não terem um papel de destaque na história, ainda assim não ficaram esquecidos. Todos tinham as suas próprias histórias e o seu papel no desenrolar da trama.


Acho que já falei bastante sobre a história e os seus personagens. Mas se ainda não consegui te convencer a assistir o dorama, então aqui vão mais motivos...

A trama é bem interessante, cheia de reviravoltas que te surpreendem (não necessariamente, te deixam contente). Com um romance doce e divertido, que vai te conquistando aos poucos, e quando menos se imagina, você está completamente apaixonado por eles. E um drama que vai te arrancar muitas lágrimas (eu chorei bastante).

A trilha sonora também é um dos pontos altos no drama, pois, além das músicas serem bonitas e gostosas de se ouvir, elas dão um toque encantador e sutil as cenas. A combinação das história com a trilha sonora, dá um ar mágico e delicado as cenas, que nos faz sonhar, nos emocionar e nos apaixonar.

Outro ponto que vale dar ênfase é a fotografia e cinematografia do dorama. Aqui não estou falando somente dos cenários e paisagens que nos fazem suspirar de tão belas, mas também algumas composições de quadros, que apesar de simples, parecem conter um toque que as tornam especiais. E também os movimentos de câmera que dão uma incrementada as cenas e as sensações que elas transmitem. 

Ahh, e eu não poderia deixar de citar também as cenas de época que temos na história. Como disse anteriormente, a história se inicia há uns 900 anos atrás, portanto, para conhecer o passado dos personagens, algumas vezes acabamos voltando no tempo, para a era Goryeo. Sobre isso, posso não ter muita bagagem para julgar, pois não assisti muitos doramas de época, mas sinto que a produção dessas cenas não perde em nada para outras do gênero.
FICHA TÉCNICA   

Nota do crítico: ★★★★★
Título original: 쓸쓸 하고 찬란 하 神 - 도깨비
Origem: Coreia do Sul
Gênero: Fantasia / Romance
Temporadas: 1
Episódios: 16
Duração: cerca de 1h
Trailer: Clique Aqui
Direção: Lee Eung-Bok
Ano: 2016
Sinopse: Kim Shin (Gong Yoo) é um goblin imortal e protetor de almas. Ele é o senhorio do ceifador (Lee Dong-wook), que é o responsável por conduzir as almas de pessoas falecidas. Shin não quer mais a imortalidade, mas precisa de uma noiva humana para acabar com sua longa vida. Ele acaba tendo sua vida cruzada com Ji Eun-tak (Kim Go-eun), uma estudante do ensino médio, que possui a habilidade especial de ver fantasmas e está destinada a ser sua noiva e devolvê-lo a cinzas. Enquanto isso, Sunny (Yoo In-na) é a atraente dona de um restaurante de frango que emprega Eun-tak. A vida dessas quatro pessoas muda, quando se encontram e suas vidas se tornam entrelaçadas.


18 comentários:

  1. Oi Nay, apesar destes doramas estarem bem famosos, eu nunca assisti, até tenho curiosidade, mas tenho até medo de gostar e ter mais uma paixão no meu tempo que já é tão curto. Adorei tua opinião.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vivi
      Pois é, te entendo bem. Caso tenha uma tempinho livre, experimente assistir. Eu sou apaixonada por esse universo de doramas e conheço várias histórias incríveis.

      Beijos

      Excluir
  2. Ahh, que história mais amorzinho. E eu ADOREI que mostra o passado assim, tantos anos antes, deve ser algo incrível de ver. Adorei a dica! Ainda não assisti nenhum dorama, mas vou colocar esse na lista.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que maravilha, fico contente que tenha gostado da minha indicação. Espero que se apaixone pela história como eu.

      Beijos

      Excluir
  3. Oiii Naah

    Faz tento tempo que não assisto séries, mas adorei essa dica porque mistura vários elementos que eu curto em livros e séries. Gostei desse detalhe do romance que vai envolvendo aos poucos e quando a gente se dá conta já ama o casal, fiquei empolgada pra assistir.

    Beijos, Alice

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice
      Sim, eu adoro essa história. Goblin tem um espaço mais que especial no meu coração.
      Tomara que goste também.

      Beijos

      Excluir
  4. Com uma recomendação dessa, dá até vontade de entrar nesse mundo dos Doramas... algo que não entendo nadinha!!!
    Mas, está uma onda muito positiva há alguns anos a esse respeito. Certamente, é porque vale a pena.

    Beijocas

    Carol, do Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol, pois aproveite essa vontade e venha para o mundo dos Doramas. Tenho certeza que vai amar.

      Beijos

      Excluir
  5. Olá!! :)

    Eu confesso que nao conhecia esta peça ainda. Mas gostei de ler a tua opiniao e fiquei ate curioso.

    Enfim, que otimo que a fotografia e assim tao boa e que as relaçoes entre as persoanbgens ocorrem de formas distintas.

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee
      Fico feliz que tenha gostado da minha crítica. Deu um certo trabalho organizar tudo que queria dizer, mas no fim fiquei super contente com o resultado.

      Beijos

      Excluir
  6. Oi, tudo bem? Que crítica mais completa. Com certeza traz muitas informações sobre a série. Essa mistura de romance com fantasia é bem interessante. Ainda mais quando traz o relacionamento de tantos personagens. A edição de imagem está linda fiquei bem curiosa para assistir. No momento tenho visto muitas séries europeias. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Erika
      Que interessante... assim de cabeça, não sei dizer quais séries europeias já assisti.
      Mas enfim... que bom que gostou da minha crítica. E se tiver um tempinho livre, que tal assistir esse dorama? Vou adorar saber a sua opinião

      Beijos

      Excluir
  7. Olá! Tudo bem?

    Gostei desse post pela completude que há nele. Deixa claro o que a série promete, deixando a gente na curiosidade. Dica anotada!

    Beijos,
    Blog Diversamente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria

      Que maravilha que a minha crítica foi capaz de te conquistar a ponto de você se interessar pelo dorama. Caso assista mesmo, ficarei feliz em saber o que achou

      Beijos

      Excluir
  8. Mas, gente, parece ser muito amor e já quero ver! Eu tinha visto um comentário sobre a série no ig e não tinha dado muita bola, mas depois dessa crítica tão completa seria impossível eu não me interessar! Adorei demais <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee

      Ai, to adorando os comentários de vocês dizendo que se interessaram pela história. Eu amei assistir Goblin e fiz esse post especialmente para influenciar outras pessoas a conhecer também.

      Espero mesmo que Goblin supere as suas expectativas.

      Ahh, e não esquece de me contar depois como foi a experiência

      Beijos

      Excluir
  9. Olá! Que bom saber que assiste dramas. Em relação a Goblin eu achei um dos melhores dramas do ano na época e não pude deixar de notar o quanto Dongwook e Gong Yoo evoluíram (não só na beleza).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana

      Mas olha só, não creio que acabei de encontrar mais uma dorameira. Esse caminho é sem volta, não é mesmo? kkkk

      Goblin é sem dúvidas um daqueles dramas que vai passar anos e anos, e ele ainda estará marcado na memória e no coração. E sim... os atores são maravilhosos. A propósito, já chegou a assistir Touch Your Heart?

      Beijos

      Excluir

Espero que tenha gostado do post de hoje. Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post, e se devo trazer mais deste conteúdo para o blog.

Ahh, e aproveite e deixe seu link, para que nós do AB possamos retribuir sua visita!