30 outubro 2019

Crítica | Menino Maluquinho 2 - A Aventura


Para alguns que não me conhecem, eu sou um tipo de pessoa bem saudosista. Esse texto se distancia um pouco dos que eu habitualmente costumo escrever. Hoje quero mostrar para vocês meu lado mais menininho, o lado criança da vida.

Menino Maluquinho 2 – A Aventura é um filme de 1998. Eu costumo ser um cara apaixonado por trabalhos dos anos 80/90, principalmente quando o assunto é animes. Existe uma razão por trás disto, mas quem sabe não é assunto para um próximo post. O primeiro filme foi lançado no ano de 1995. Embora seja comum apresentar sempre o primeiro filme de franquias, eu quebrei um pouco o paradigma e fiz o oposto. Não que o primeiro filme não seja bom, ele até é, mas o fato é que esse segundo capturou mais a minha atenção e meus instintos mais infantis.

Sintetizando o filme para vocês, maluquinho está passando as férias na casa de seu avô Tonico. A cidade está prestes a comemorar seu centenário. Para festejar este feito, maluquinho e seu avô organizaram um circo com diversas atrações, que contarão com a participação de seus melhores amigos. Enquanto a história se desenvolve em cima disto, tatá mirim, uma bola de fogo, escapou do centro da terra a fez amizade com os garotos, que aprontam várias, fazendo os moradores acreditarem que eles estão comungando com o capeta.

A história é simplesmente incrível e bem roteirizada. A inocência dos atores enquanto crianças, a bela atuação sem exagero e a atmosfera tranquila permitem ao telespectador uma sensação gostosa ao assistir o filme. Essas características que permeiam este filme são mais enfáticas no primeiro, onde é abordada a vida de uma criança mais diretamente, com brincadeiras no início da tarde até o entardecer, jogando conversa fora sentado na calçada de casa.

Hoje, já adultos, somos ligados muito ao botão automático, muitas vezes sem nem ao menos nos darmos conta. Isso tem nos deixando num estado de padronização e inércia que faz com que esqueçamos daquilo que um dia fomos: crianças sonhadoras. Esse filme me trás a tona essas lembranças. Mais do que isso, me faz querer ser uma criança sonhadora mais uma vez. Lembre-se daquele filme que desperta a criança adormecida dentro de você e programe-se para assisti-lo. Dê espaço, mais uma vez, para aquela seu lado que não tinha medo da queda nem dos machucados, mas que se importava apenas em se aventurar sem pudor e conhecer o novo.

FICHA TÉCNICA


Nota do crítico: 
★★★★
Título: Menino Maluquinho 2 - A Aventura
Gênero: Aventura, comédia
Autor/Organização: Fernando Meirelles
Estúdio: RioFilme
Selo: ------
Ano: 02 de julho de 1998
Sinopse: Maluquinho vai passar as férias de julho com o vovô Tonico e, com seus amigos, tentará ajudar o avô conseguir verba para as comemorações do centenário da cidade, já que o prefeito Costa se recusa a liberar o dinheiro.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Espero que tenha gostado do post de hoje. Não esqueça de deixar seu comentário, assim poderei saber se gostou ou não do post, e se devo trazer mais deste conteúdo para o blog.

Ahh, e aproveite e deixe seu link, para que nós do AB possamos retribuir sua visita!